Evelson de Freitas/Estadão
Evelson de Freitas/Estadão

Herói corintiano em 1999, Dida elogia Cássio: 'A defesa dele foi mais difícil'

Veterano também defendeu um pênalti contra o São Paulo, em 1999, que garantiu acesso às próximas fases do Brasileirão

AE, Agência Estado

14 de outubro de 2013 | 16h33

PORTO ALEGRE - Herói do Corinthians no Brasileirão de 1999, o veterano Dida elogiou a defesa do colega Cássio, atual goleiro titular do time paulista, em um pênalti decisivo no clássico com o São Paulo, no domingo. Na partida, Cássio defendeu cobrança de Rogério Ceni e garantiu o empate sem gols, no Morumbi.

O lance foi muito semelhante às penalidades que Dida defendeu em outro clássico, contra o mesmo São Paulo, em 1999. Na ocasião, o atual goleiro do Grêmio defendeu duas cobranças de Raí e ajudou a encaminhar a classificação corintiana à final daquele Brasileirão - o título foi conquistado sobre o Atlético Mineiro. "A defesa dele foi mais difícil porque ele pegou com a pontinha dos dedos. O suficiente para ela ir na trave e depois para fora. Ele foi convicto que seria ali e rasteiro", avaliou Dida, titular do Grêmio, aos 40 anos.

Com a grande defesa, aos 44 minutos do segundo tempo, Cássio assegurou o empate sem gols que evitou que a crise se aproximasse do Corinthians. O time acumula três empates seguidos pelo placar de 0 a 0 e segue na parte intermediária da tabela, longe da zona de classificação à Copa Libertadores.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.