Tolga Bozoglu/EFE
Tolga Bozoglu/EFE

Herói do Liverpool após substituir Alisson, goleiro Adrián festeja 'semana louca'

Goleiro espanhol fez defesas importantes no tempo normal e agarrou a penalidade de Abraham, garantindo o título ao Liverpool

Redação, Estadao Conteudo

14 de agosto de 2019 | 20h06

Autor de importantes defesas no tempo normal e depois na prorrogação, o goleiro espanhol Adrián ainda agarrou a penalidade de Abraham na última cobrança da disputa desta quarta-feira, em Istambul, na Turquia, e se tornou o improvável herói da conquista do título do Liverpool diante do Chelsea na final da Supercopa da Europa.

Recém-contratado depois de deixar o West Ham, clube de Londres que defendeu de 2013 até a temporada passada do futebol europeu, o jogador acabou fazendo a sua estreia oficial pelo time comandado por Jürgen Klopp ao precisar entrar em campo no decorrer da partida contra o Norwich, na última sexta-feira, na abertura do Campeonato Inglês. Ele foi chamado pelo alemão como substituto do brasileiro Alisson, que se lesionou aos 36 minutos do primeiro tempo ao cobrar um tiro de meta.

E o espanhol deu conta do recado ao ajudar o Liverpool a golear o rival por 4 a 1. Assim, com o titular da posição e da seleção brasileira lesionado, o jogador de 32 anos ganhou nova chance de atuar nesta quarta. E acabou garantindo o título da Supercopa ao praticar a defesa na quinta cobrança de pênalti do Chelsea, depois de um empate por 2 a 2 (1 a 1 no tempo normal e depois na prorrogação) com a bola rolando.

Após o confronto na capital turca, Adrián comemorou de forma efusiva o seu ótimo início de trajetória com a camisa do seu novo clube. "Bem-vindo a Liverpool! Essa tem sido uma semana louca", afirmou o jogador, se referindo ao período curto entre as suas duas primeiras partidas pelo clube.

E ele exaltou a alegria de ver a sua equipe triunfar depois de muito sofrimento na equilibrada decisão desta quarta. "Estou muito feliz pelo time, estou feliz por jogar pelo Liverpool e feliz pelos torcedores. Foi um longo jogo, mas no fim foi um ótimo final para nós", completou o atleta, que começou a defender o primeiro clube grande de sua carreira, na qual este título da Supercopa da Europa também é o primeiro importante de sua trajetória - ele também atuou pelos modestos Alcalá e Utrera antes de ser contratado pelo Betis, para depois seguir para o West Ham.

Irreverente, Klopp brincou com a situação do goleiro espanhol, que foi contratado nos últimos dias da janela europeia. “Grande noite para Adrián”, comentou o repórter da transmissão, ainda no gramado. “Que história fantástica”, respondeu o técnico alemão com um enorme sorriso, emendando um grito de “Adriannn”, como fez o boxeador Rocky Balboa, personagem de Sylvester Stallone, após vencer no último round uma luta com Apollo Creed, o ‘Doutrinador’,  no filme Rocky 2.-- 

No próximo sábado, o Liverpool vai enfrentar o Southampton, fora de casa, pela segunda rodada do Campeonato Inglês. Como Alisson precisará de algumas semanas para se recuperar da lesão muscular que sofreu, o espanhol terá nova oportunidade de mostrar serviço e voltar a mostrar que pode ser um concorrente de peso do brasileiro pela posição de titular do gol.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.