Divulgação/São Paulo
Divulgação/São Paulo

Herói do São Paulo, Hernanes exalta Ceni: 'Um monstro, uma lenda'

Após entregar uma camisa em homenagem a Ceni, Hernanes entra no segundo tempo e marca o gol da vitória do São Paulo

Redação, O Estado de S.Paulo

12 de maio de 2019 | 21h28

Hernanes foi o herói do São Paulo ao marcar o gol da vitória por 1 a 0 sobre o Fortaleza, neste domingo, em jogo que marcou o reencontro com Rogério Ceni. Após a partida, o meio-campista exaltou o ex-companheiro e atual técnico da equipe cearense.

Antes de a bola rolar, Hernanes foi o responsável por entregar uma camisa do São Paulo a Rogério Ceni. Além disso, o treinador foi homenageado pelas torcidas: a do Fortaleza fez um mosaico com a imagem dele e a mensagem "gratidão Ceni", enquanto a do São Paulo levou um bandeirão do ídolo.

"É muito bacana, fico feliz. O que nós fazemos aqui ecoa para a eternidade. O que o Rogério fez vai ecoar para sempre. Fiquei feliz de poder presenciar ao vivo. Parabéns ao Rogério, um monstro, uma lenda", afirmou Hernanes.

Hernanes ainda analisou a atuação do São Paulo. Com a vitória, a equipe tricolor chegou a dez pontos e igualou-se a Santos e Palmeiras. Está em terceiro lugar, porque tem saldo de gols menor do que os rivais.

"No primeiro tempo, a gente teve uns dez minutos bem, depois o corpo baixou a energia. No segundo tempo, acertamos um pouco, nossa energia aumentou e conseguimos criar chances de gols. Fizemos um e tivemos outras oportunidades", disse Hernanes, que também analisou o fato de ter sido reserva nos últimos jogos:

"Estou feliz, podendo trabalhar. Sou servo, escravo e filho do trabalho. Se eu não trabalho, minha energia cai muito. Estou feliz. Pude entrar no segundo tempo e contribuir com a vitória", declarou.

Notícias relacionadas

    Encontrou algum erro? Entre em contato

    Tendências:

    O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.