Rubens Chiri/saopualofc.net
Rubens Chiri/saopualofc.net

Herói em Salvador, Shaylon teve permanência defendida por Diego Aguirre no São Paulo

Meia, pouco aproveitado durante a temporada, evitou primeiro tropeço paulista no Campeonato Brasileiro

O Estado de S.Paulo

13 Maio 2018 | 19h34

Foi por pouco, mas o São Paulo conseguiu manter a invencibilidade no Campeonato Brasileiro neste domingo diante do Bahia, na Arena Fonte Nova. Com gol de Shaylon aos 47 minutos do segundo tempo, a equipe paulista concretizou o placar de 2 a 2 e evitou o primeiro tropeço na competição nacional.

+ TEMPO REAL - Confira os lances da partida

+ São Paulo arranca empate do Bahia no fim e continua invicto no Brasileirão

+ Confira a tabela de classificação do Campeonato Brasileiro

O técnico Diego Aguirre exaltou a atuação de Shaylon e revelou que defendeu a permanência do jogador na equipe do Morumbi. "Temos que valorizar o menino Shaylon, porque ele marcou o gol de empate. Quando acabou o jogo, fui até o campo e falei para ele 'você merece'. É um menino espetacular, como ele trabalha desde o primeiro dia, em silêncio, é um profissional excelente", contou o treinador.

"Hoje apareceu espaço para Shaylon pela saída de Cueva para a seleção, e então ele aproveitou", contou Aguirre. "Me perguntaram muitas vezes sobre a possibilidade de Shaylon sair, e eu falei que não, que Shaylon ia ficar, porque ele trabalha bem, vai ter a sua chance e vai ajudar ao time. Em nenhum momento eu considerei ele como um jogador que iríamos emprestar", explicou o treinador sobre o veto à possível saída do atleta.

O meia de 21 anos entrou aos 34 minutos do segundo tempo no lugar de Nenê. Sem jogar há algum tempo no time paulista, Shaylon mostrou-se aliviado e contente em voltar a atuar e em garantir que a equipe saísse de campo sem perder.

"O sentimento é de alegria. Fico muito feliz por ter entrado, ter feito o gol e ter ajudado a levar um ponto", contou o meia após a partida. "Eu venho um tempo sem jogar e venho trabalhando, e acho que Deus me recompensou por isso", finalizou.

Criado na base do São Paulo, Shaylon fez, neste domingo, sua primeira partida no Brasileirão deste ano. Ao todo, o atleta atuou em nove jogos em 2018, sendo seis pelo Campeonato Paulista e dois pela Copa do Brasil, além do duelo contra o Bahia.

Com o empate em 2 a 2, o São Paulo se manteve na 10ª colocação com sete pontos em cinco jogos. Enquanto isso, o Bahia caiu cinco posições na classificação e está perto da zona de rebaixamento, na 16ª posição com cinco pontos conquistados.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.