Hertha Berlim quer Thiago Neves e fará proposta ao Flu

Time alemão envia nesta sexta-feira oferta de R$ 13 milhões pelo jogador; Werder Bremen também está de olho

Marcius Azevedo, Jornal da Tarde

03 de abril de 2008 | 19h41

O Fluminense vai receber, nesta sexta-feira, uma proposta oficial do Hertha Berlim, da Alemanha, pelo meia Thiago Neves. A oferta de 5 milhões de euros (mais de R$ 13 milhões) será encaminhada pelo agente Fifa Joachim Maiss. O alemão, ao lado do empresário brasileiro Wilson Bellissi, está atuando como intermediário da negociação. "Estamos com uma carta do Hertha e vamos enviar amanhã [sexta] para o pessoal do Fluminense", afirmou Bellissi. A contratação de Thiago Neves é considerada prioritária para os dirigentes do Hertha. A equipe faz novamente uma campanha regular no Campeonato Alemão e quer montar um time mais forte na próxima temporada para tentar brigar por vaga nas copas européias. O problema é que o Hertha deve ter concorrência. O Werder Bremen, também da Alemanha, deve entrar na parada para contar com o futebol do jogador do Fluminense. A possibilidade, no entanto, está atrelada à saída de Diego do clube. O ex-santista, que foi titular no amistoso da seleção brasileira diante da Suécia na semana passada em Londres, já despertou o interesse de três clubes. O primeiro foi o Real Madrid. Apesar de os espanhóis não terem oficializado uma proposta, os jornais da Espanha divulgaram que o clube poderia oferecer até 13 milhões de euros (R$ 35,2 milhões) para contratar Diego. O técnico do Real Madrid, o alemão Bernd Schuster, é fã do futebol do meia. A Juventus também está na briga para ficar com ele. O clube italiano, segundo revelou o pai e empresário de Diego, Djair Cunha, enviou inclusive um emissário à Alemanha para conversar com os dirigentes do Werder Bremen. Em terceiro na lista de interessados aparece o Arsenal, da Inglaterra. Se Diego sair, Thiago Neves é um dos nomes cotados no Bremen para substituí-lo. A possibilidade de ganhar a concorrência do Werder Bremen não assusta o Hertha Berlin. A proposta que será enviada ao Fluminense não é definitiva. A equipe de Berlim pode chegar a até 8 milhões de euros (R$ 21,6 milhões). Bellissi, que recentemente negociou quatro brasileiros com o futebol chinês (em parceria com o agente Fifa Li Feng), deve vir para o Brasil nos próximos dias para tentar fechar o acordo com o Fluminense.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.