Hicks Muse une-se à Fox contra Globo

O rombo de quase US$ 800 milhões que afundou a tevê PSN e ainda ameaça as parcerias com o Corinthians e o Cruzeiro não é uma certeza absoluta de que chegou ao fim a aventura da Hicks Muse no futebol brasileiro. A crise financeira que o grupo norte-americano enfrenta no Brasil é insignificante diante de seus planos no País.O que os altos executivos do grupo discutem no momento nos Estados Unidos não é só a questão considerada menor: o futuro da parceria com o Corinthians. Hoje, o que se debate no eixo Dallas-Nova York é algo muito mais significativo para a empresa. A pretensão é tão ousada quanto improvável: quebrar o monopólio da Rede Globo no futebol brasileiro.Leia mais no Jornal da Tarde

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.