Hiddink encerra novela e assina contrato com a Rússia

O técnico holandês Guus Hiddink encerrou a novela e assinou nesta sexta-feira contrato de dois anos como técnico da seleção da Rússia. Ele fica no cargo, a princípio, até a Eurocopa de 2008, que será na Áustria e na Suíça, em troca de um salário de US$ 2,4 milhões (cerca de R$ 4,7 milhões) por ano, e tem prioridade para renovação até a Copa de 2010, na África do Sul.Hiddink será o primeiro estrangeiro a comandar a seleção russa. Ele foi campeão holandês nesta temporada com o PSV Eindhoven, e treinará a Austrália na Copa do Mundo - sua seleção estréia na Copa pelo Grupo F no dia 12 de junho, contra o Japão, em Kaiserslautern, e pega o Brasil no dia 18, em Munique.A fama de Hiddink nasceu quando ele levou a Holanda ao quarto lugar na Copa do Mundo de 1998, e explodiu depois que ele conseguiu conduzir a Coréia do Sul à mesma posição na Copa de 2002. No ano passado, conseguiu classificar a Austrália para o Mundial, na repescagem contra o Uruguai.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.