Hiddink vai ganhar 2 milhões de euros para treinar a Rússia

O presidente da União de Futebol da Rússia (UFR), Vitali Mutko, revelou nesta quarta-feira que o holandês Guus Hiddink vai receber 2 milhões de euros por ano para treinar a seleção russa depois da Copa do Mundo da Alemanha.Mutko também contou que Hiddink receberá prêmios extras em caso de resultados positivos - como a classificação para a fase final da Eurocopa de 2008 e uma das vagas para a Copa de 2010.O contrato de Hiddink será por duas temporadas, mas ele pode ser renovado por mais dois anos. A Rússia não conseguiu se classificar para a Copa do Mundo da Alemanha deste ano.Hiddink é o atual treinador da Austrália e será um dos adversários do Brasil na Copa do Mundo. Ele deve viajar a Moscou na próxima sexta-feira para assinar o contrato e participar de uma reunião com Mutko.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.