Hiddink volta a cruzar o caminho da Itália em uma Copa

Assim como aconteceu no Mundial de 2002, o técnico holandês Guus Hiddink voltará a cruzar o caminho da Itália nas oitavas-de-final de uma Copa do Mundo. Na competição realizada na Coréia do Sul e Japão, o treinador comandava a seleção sul-coreana; agora, ele está à frente da Austrália, que na segunda-feira vai enfrentar a equipe italiana, em Kaiserslautern."Guus Hiddink é um especialista, e conhece o futebol italiano muito bem", disse nesta sexta-feira o técnico da Itália, Marcello Lippi. "Mas estamos convencidos do nosso potencial e vamos enfrentar a equipe dele com muita confiança".No Mundial passado, a seleção italiana também foi a campo contra a equipe comandada por Hiddink com muita confiança, mas foi eliminada da Copa graças a um gol de ouro marcado pelo atacante Ahn Jung-hwan. Lippi não era o treinador italiano na ocasião, mas quer evitar outra "surpresa" na próxima partida. "A Austrália tem uma equipe muito bem organizada. Eu tive muitos assistentes acompanhando-a e vamos começar a estudá-los com mais atenção a partir de hoje (sexta)".Mas o treinador holandês não será o único rosto "familiar" no confronto da Itália na segunda fase do Mundial. O meia Marco Bresciano joga no Parma, e o goleiro Zelijko Kalac é reserva de Dida no Milan. "Nós os conhecemos bem porque alguns jogam na Itália e muitos na Inglaterra".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.