Manu Fernandez/AP
Manu Fernandez/AP

Hierro elogia Espanha e diz que já esperava retranca do Irã

Treinador valoriza a primeira vitória espanhola na Copa do Mundo da Rússia

Estadão Conteúdo

20 Junho 2018 | 20h22

A dificuldade para superar a retranca do Irã não surpreendeu o técnico Fernando Hierro. Após a primeira vitória da Espanha na Copa do Mundo da Rússia, o treinador afirmou que já esperava por um duelo difícil em Kazan e elogiou os seus jogadores, por cumprirem o plano de jogo estabelecido para enfrentar e superar o jogo fechado do rival.

+ TEMPO REAL - Irã 0 x 1 Espanha

+ 'Sem o VAR, teríamos um ponto a mais na tabela', diz técnico do Irã

"Sabíamos que íamos encontrar estas dificuldades num jogo complexo. Tínhamos um plano que, se bem executado, seria suficiente para vencer um adversário como o Irã, que marca poucos gols e é muito direto", disse Hierro. "Sabíamos que esta vitória iria nos custar muito esforço. Não há nada fácil."

O triunfo espanhol foi obtido após imensa dificuldade para superar a retranca iraniana, que contou com até 11 jogadores atrás da linha da bola. No primeiro tempo, a Espanha acertou apenas um chute a gol. No segundo, Diego Costa marcou o único gol da partida no início, o que ajudou a abrir o confronto.

Mesmo assim, a Espanha sofreu para levar perigo em novas jogadas ofensivas e ainda levou sustos na defesa. O Irã até balançou as redes, mas a arbitragem anulou o lance devidamente, por impedimento.

 

"Houve momentos em que os dois lados tiveram dificuldades. No intervalo, sabíamos do nosso plano e os jogadores fizeram o que tinham de fazer. Eles deram tudo e foram muito comprometidos", elogiou Hierro. "Cumprimos nosso objetivo diante de um rival que te leva ao limite físico. Quando uma equipe se defende com dez homens, muito apegados ao seu campo, há dificuldades para todo mundo."

O técnico, contudo, admitiu que a seleção espanhola precisará mostrar evolução no próximo jogo, contra o Marrocos, na última rodada do Grupo B. Um empate pode classificar os campeões mundiais de 2010 às oitavas de final. Mas Hierro já pensa mais adiante. "Sabemos que ainda precisamos evoluir, mas espero que continuemos a vencer enquanto buscarmos essa melhora."

O triunfo também foi especial para a história espanhola. O resultado marcou a 400ª vitória da equipe

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.