Higuaín descarta França e decide jogar pela Argentina

O jovem atacante do Real Mardid, Gonzalo Higuaín escolheu, nesta quarta-feira, jogar pela seleção argentina e não pela francesa. Aliás, seus advogados já começaram os trâmites legais para formalizar a nacionalização argentina do jogador, ex-River Plate. A informação é do diário francês L´Equipe. Higuaín, que tem pais argentinos, tem passaporte francês porque nasceu em Brest, na França, onde seu pai jogava pela equipe local. "É uma escolha do meu coração. Todos os meus amigos e minha família são argentinos. E também foi lá que eu aprendi a jogar", confessou o atacante.O jogador chegou a ser convocado por Raymond Domenech, técnico da França, para disputar um amistoso dos ´Bleus´ contra a Grécia em novembro de 2006, mas ele, que ainda atuava pelo River, preferiu não aceitar o convite e alegou ainda não estar preparado para tomar uma decisão como aquela. Mas após a transferência para o Real Madrid, em que seu passaporte europeu ajudou muito, pois lhe permite uma vaga como jogador da Comunidade Européia, Higuaín decidiu escolher a camisa branca e celeste da seleção argentina. No próximo dia sete de fevereiro a seleção francesa disputa um amistoso com a Argentina na França, e Domenech tinha a intenção de viajar a Madrid para tentar convencer o jovem atacante. Mas Higuaín frustrou seus planos. "Eu não poderia me imaginar tomando outra decisão", concluiu.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.