Hiran deve reforçar a Ponte Preta

O goleiro Hiran, conhecido por marcar gols e por suas atitudes impensadas fora de campo, pode reforçar a Ponte Preta no Campeonato Brasileiro da Série A. Ele passou a tarde reunido com dirigentes e pode ser apresentado nesta sexta-feira, substituindo ao veterano Ronaldo, ex-Corinthians, que passou por uma cirurgia no tornozelo e só deverá estar liberado para atuar em setembro. A vinda do goleiro é um antigo sonho da diretoria, que tentou contratá-lo em três oportunidades. Hiran já marcou dois gols de cabeça. Um diante do Palmeiras, em 1997, quando defendia o Guarani e, outro, pelo Santo André, em 1998, diante do Juventus. Já declarou publicamente ser ex-usuário de droga e teve uma passagem pitoresca em sua carreira, quando foi flagrado pelas câmaras de televisão fazendo "xixi" no gramado do Morumbi num jogo entre Guarani e São Paulo, em 1995. Hiran Spagnol, com 30 anos, tem 1,99 m de altura. Começou a carreira no Linhares, no Espírito Santo (92/94). Mas ganhou projeção no Guarani, clube que atuou até 97. Passou ainda por Atlético Mineiro (98), Santo André e Remo (99). Em 2000, defendeu a Matonense no Paulistão e depois se transferiu para o Internacional-RS.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.