Hoffenheim derrota Hamburgo e lidera o campeonato alemão

O Hoffenheim deu sequência ao seu brilhante início de campanha na liga alemã reclamando o topo da tabela com uma vitória implacável de 3 x 0 em casa sobre o Hamburgo neste domingo. O atacante nigeriano Chinedu Obasi marcou duas vezes e o bósnio Vedad Ibisevic fez seu décimo gol na temporada, dando ao rico time aquela que provavelmente foi a maior conquista de sua temporada de estréia. Depois de nove jogos, o Hoffenheim lidera a classificação com 19 pontos, um acima do Bayer Leverkusen após este último vencer o Cologne por 2 x 0 em casa na sexta-feira. O Hamburgo caiu para terceiro com 17 pontos, um a mais que o Stuttgart, depois que dois gols tardios de Mario Gomez deram uma vitória de 2 x 0 em casa sobre o Bochum neste domingo. O Bayern de Munique está na quinta colocação com 15 pontos. O time de Juergen Klinsmann continua se recuperando e virou um jogo que perdia por dois gols, vencendo o VfL Wolfsburg por 4 x 2 em casa no sábado. O Hoffenheim usufrui do apoio do milionário pioneiro de softwares Dietmar Hopp, e está claro que usou o dinheiro sabiamente durante sua firme escalada para a fama. O técnico Ralf Rangnick, ex- Schalke 04, encorajou sua equipe a jogar de forma destemida e sua agilidade mostrou ser demais para o Hamburgo, que aparentava cansaço em campo. O time abriu o placar aos sete minutos com um gol simples. O meio-campista brasileiro Carlos Eduardo lançou uma bola rápida da direita para Obasi, que driblou seu marcador dentro da área e superou o goleiro perto da trave. O segundo gol veio poucos minutos depois graças a um ataque relâmpago pela esquerda. Obasi passou para Sejad Salihovic, que por sua vez a lançou para Demba Ba. Frank Rost conseguiu bloquear seu chute, mas Ibisevic reagiu mais rápido que todos e aproveitou o rebote. O Hoffenheim ampliou sua vantagem antes do final do primeiro tempo e novamente mostrou uma velocidade de pensamento e de ação que acabou com o Hamburgo. Ba escolheu uma rápida cobrança de falta de seu lado do campo enquanto o Hamburg ainda se organizava. Seu passe encontrou Salihovic, que ajeitou para Obasi correndo livre pelo meio enganar o goleiro e garantir o resultado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.