Hoffenheim é multado por atraso em teste antidoping

O Hoffenheim, principal surpresa do Campeonato Alemão, foi multado nesta segunda-feira em 75 mil euros (aproximadamente R$ 221 mil) por conta do atraso de dois de seus jogadores para realização de exame antidoping.

AE, Agencia Estado

16 de março de 2009 | 15h12

O Comitê Desportivo da Federação Alemã de Futebol (DFB, na sigla em alemão) multou também Peter Geigle, responsável pelos controles antidoping no clube, em 2,5 mil euros (R$ 7,4 mil).

Andreas Ibertsberger e Christoph Jancker chegaram dez minutos atrasados para a realização do exame, depois da partida entre Hoffenheim e Borussia Mönchengladbach, no dia 7 de fevereiro.

A DFB já havia arquivado o processo contra os jogadores, já que não conseguiu confirmar a responsabilidade de ambos pelo atraso. Andreas Ibertsberger e Christoph Jancker afirmaram anteriormente que não sabiam previamente que tinha sido sorteados para realização do antidoping.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.