Ivan Storti / Santos FC
Ivan Storti / Santos FC

Holan nega que derrota no clássico vai deixar Santos abalado para enfrentar o Boca

Técnico argentino afirma que elenco vai superar o resultado diante do Corinthians e fazer bom jogo em Buenos Aires

Ciro Campos, O Estado de S.Paulo

26 de abril de 2021 | 05h00

O técnico Ariel Holan, do Santos, disse neste domingo que a derrota do time para o Corinthians não vai interferir na preparação para o confronto de terça-feira diante do Boca Juniors, pela Copa Libertadores. Em entrevista coletiva depois de perder o clássico por 2 a 0, pelo Campeonato Paulista Sicredi 2021, o argentino pregou calma e garantiu que o astral do elenco não foi afetado.

"Eu insisto que são dois jogos diferentes. Hoje (neste domingo) descansaram muitos jogadores, que trabalharam de manhã e se recuperaram. São duas partidas diferentes", explicou o treinador. A equipe santista escalou vários garotos das categorias de base no clássico disputado na Vila Belmiro. O principal nome do time, o atacante Marinho, ficou o jogo todo no banco de reservas.

A partida em Buenos Aires é fundamental para o Santos se recuperar na Libertadores. O time estreou na competição ao perder por 2 a 0 em casa para o Barcelona, do Equador. Para completar, também perdeu os dois últimos confrontos pelo Campeonato Paulista e acumula no momento três partidas seguidas sem vencer. Holan sofre a pressão de obter bons resultados para não ficar fora em plena fase de grupos dos dois torneios disputados no momento.

Para o treinador, a derrota diante do Corinthians foi sacramentada com o primeiro gol, sofrido aos 38 minutos de jogo. Foi quando o Santos se desestabilizou. "Eu penso que o jogo até os 38 minutos do primeiro tempo foi parelho. Pode discutir se jogamos melhor ou pior, mas não se pode discutir que era parelho. Em poucos minutos mudou tudo. O time fazia um jogo bom até ali, jogando com os recursos que contamos", avaliou.

O Santos tem três jogos fundamentais agora para se recuperar nas duas competições. Pela Libertadores, a equipe vai enfrentar o Boca em Buenos Aires na repetição da semifinal da última temporada. Uma semana depois, vai receber o The Strongest, da Bolívia. Entre essas duas partidas, o time viaja para encarar o Red Bull Bragantino, pelo Campeonato Paulista.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.