Holanda anuncia demissão do técnico Bert van Marwijk

Depois de protagonizar a maior decepção desta Eurocopa, o técnico Bert van Marwijk deixou o comando da seleção da Holanda, nesta quarta-feira. O treinador pediu demissão dez dias após ser eliminado da competição logo na fase de grupos.

AE, Agência Estado

27 de junho de 2012 | 18h37

O pedido de demissão foi aceito pela Federação Holandesa de Futebol "com efeito imediato", segundo anunciou a entidade. O atual contrato do treinador, com fim somente em 2016, havia sido renovado no ano passado. "Eu tive dúvidas, mas finalmente decidi que tinha que dar este passo", afirmou Van Marwijk, de 60 anos.

Sua saída foi causada pela pífia campanha da Holanda, atual vice-campeã mundial, nesta Euro. Após se classificar com grande folga nas Eliminatórias, o time holandês perdeu os três jogos da fase de grupos, diante de Alemanha, Portugal e Dinamarca, e foi eliminado de forma surpreendente.

Os tropeços contrastaram com a sequência de nove vitórias consecutivas nas Eliminatórias da Euro. A série chegou a alcançar 14 triunfos seguidos a contar após a derrota na final da Copa do Mundo, diante da Espanha, em 2010.

Após a queda na competição europeia, Van Marwijk assumiu a culpa pelos resultados negativos. "Falhei neste torneio", declarara. Mas evitou falar sobre seu futuro, definido somente nesta quarta. O treinador havia assumido o cargo em 2008, em substituição a Marco van Basten.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolHolandaBert van Marwijk

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.