Peter Dejong/ AP
Peter Dejong/ AP

Holanda dá vexame e não vai à Euro; Itália vira e ajuda a Croácia

Holandeses ficam em quarto no grupo e nem repescagem garantem

O Estado de S. Paulo

13 de outubro de 2015 | 17h39

Terceira colocada na Copa do Mundo em 2014 e sempre entre as potências da Europa. A tão badalada seleção holandesa vai assistir de casa a Eurocopa 2016, na França. Com série de vexames nas eliminatórias, como a derrota desta terça-feira, em casa, para a República Checa, a equipe de Dirk Blind acabou apenas na quarta colocação da chave, atrás de Islândia, dos checos e da Turquia, todos classificados diretamente.

Com míseros 13 pontos em 10 jogos, a Holanda fecha sua pífia participação com cinco derrotas. Foram apenas quatro vitórias e um empate. Desde 1984 que os holandeses não ficavam fora de uma Euro. Curiosamente, a competição de 31 anos atrás também foi disputada em solo francês.

Atuando na Amsterdam Arena, a Holanda precisava vencer e trocer por tropeço turco diante da Islândia. Mas depois de 45 minutos desastrosos, foi para o vestiário com 2 a 0 contra, gols de Kaderabek e Sural. A expulsão de Suchy, aos 43, era o único alento para a busca da virada. Mas Van Persie, contra, deixou a situação ainda mais crítica.

Com a torcida sem acreditar no que viu, a seleção holandesa ainda esboçou uma reação com Huntelaar e Van Persie, mas o anúncio do gol turco decretou o vexame laranja.

A Itália até levou um susto em Roma ao sair atrás da Noruega. Estava perdendo a invencibilidade e a primeira colocação da chave. Colocou tudo nos eixos com Florenzi e Pellè: 2 a 1 e vaga invicta. O resultado beneficiou os crotas, que fizeram 1 a 0 em Malta e se garantiram em segundo. Os noruegueses caíram de primeiro para a repescagem.

Gibaltrar fechou sua participação como a pior campanha, sem um mísero ponto conquistado, fez apenas dois gols e sofreu 56.

A primeira edição da Eurocopa com 24 seleções já tem 20 equipes garantidas e juntam-se à França, o país-sede:

Grupo A

Islândia

República Checa

Turquia (melhor terceiro colocado)

Grupo B

Bélgica

País de Gales

Grupo C

Espanha

Eslováquia

Grupo D

Alemanha

Polônia

Grupo E

Inglaterra

Suíça

Grupo F

Irlanda do Norte

Romênia

Grupo G

Áustria

Rússia

Grupo H

Itália

Croácia

Grupo I

Portugal

Albânia

Disputam quatro vagas na respescagem: Bósnia, Ucrânia, Irlanda, Eslovênia, Hungria, Suécia, Noruega e Dinamarca.


Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.