Vadim Ghirda/AP
Vadim Ghirda/AP

Holanda demite técnico Danny Blind após derrota para a Bulgária

Revés por 2 a 0 complicou a equipe nas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018

Estadão Conteudo

26 de março de 2017 | 17h30

A Associação Holandesa de Futebol comunicou neste domingo a demissão do técnico Danny Blind. A decisão foi tomada após a decepcionante derrota de sábado, para a Bulgária, por 2 a 0, fora de casa, resultado que complicou a Holanda nas Eliminatórias Europeias da Copa do Mundo da Rússia.

Segundo informou a associação, a decisão foi tomada após uma reunião envolvendo o diretor de futebol da entidade, Jean Paul Decossaux, o diretor técnico, Hans van Breukele, e o próprio Danny Blind.

"Temos respeito pelo que Danny significou para nós e para a seleção em sua passagem", comentou Decossaux. "Mas, como os resultados esportivos são decepcionantes, e agora a classificação à Copa ficou mais difícil, infelizmente sentimos que era momento de dizer adeus para ele", justificou.

A associação explicou, ainda, que já está procurando um novo treinador para substituir Blind. Para o amistoso com a Itália, terça-feira, em Amsterdã, o assistente Fred Grim irá substituí-lo de forma interina.

Ex-defensor do Ajax e da própria seleção, Blind passou três anos como assistente da Holanda até assumir o comando no lugar do experiente Guus Hiddink, em 2015. Desde então, contudo, ele acumulou fracassos, primeiro ao não conseguir classificar a equipe nacional para a Eurocopa de 2016. E, agora, ao colocar em risco a classificação ao Mundial de 2018 - o país está apenas em quarto lugar do Grupo A do qualificatório europeu, atrás de França, Suécia e Bulgária.

"O time estava no caminho certo e o que aconteceu contra a Bulgária foi apenas um incidente. É uma pena que tenha acabado assim", lamentou o ex-treinador da Holanda, terceira colocada na Copa de 2014 e vice em 2010.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.