Holanda volta a treinar no Rio com foco só no México

Classificada em primeiro lugar no Grupo B, a Holanda voltou nesta terça-feira aos treinos no Rio visando o duelo contra o México, neste domingo, em Fortaleza, pelas oitavas de final da Copa do Mundo. Na entrevista coletiva concedida após o treinamento, o clima era de descontração, mas ganhou seriedade quando o adversário foi citado.

MARCIO DOLZAN, Agência Estado

24 de junho de 2014 | 14h35

"Ontem (segunda) não conseguimos ver todo o jogo do México porque estávamos viajando, mas sei que tiveram uma grande performance sobre a Croácia, que também é um bom time", disse o meia Kuyt. "Acho que teremos um grande jogo no fim de semana", completou.

O jogador também enalteceu o desempenho da Holanda até o momento, com três vitórias em três jogos. "Ganhamos da Espanha, campeã do mundo, de Austrália e Chile", lembrou Kuyt. "Fala-se muito em Robben, mas temos também Van Persie e Sneijder, que para mim é um dos melhores jogadores do mundo".

Nesta terça, Robben mais uma vez treinou em separado. Durante toda atividade, que durou pouco mais de 1h30, no estádio da Gávea, sede do Flamengo, ele apenas correu em volta do gramado ao lado de um preparador físico, o que tem sido comum nas atividades posteriores aos dias de jogos.

Robben foi o grande responsável pelo segundo gol da Holanda, marcado já nos acréscimos, quando arrancou com a bola do campo de defesa e foi até o fundo antes de dar a assistência para o atacante Depay. "Robben é fantástico, assim como é fantástico treinar com ele todos os dias", elogiou o autor do último gol holandês.

Antes do treino, o técnico Louis Van Gaal reuniu os jogadores à beira do gramado e conversou por cinco minutos. Na sequência, os jogadores fizeram uma atividade física do outro lado do campo por 15 minutos, quando então foram para dois trabalhos orientados pelo treinador.

No primeiro deles, Van Gaal comandou jogadas de finalização. O treinador mais de uma vez demonstrou irritação com as assistências dadas pelos seus jogadores, mas o aproveitamento em si foi bom - sobretudo com Van Persie, que no fim seguiu treinando chutes a gol sob supervisão do auxiliar técnico Patrick Kluivert.

Na segunda parte, o técnico holandês comandou um treino de ataque contra defesa em campo reduzido. Mais calmo, ajustou o posicionamento de alguns atletas e aplaudiu jogadas.

Tudo o que sabemos sobre:
Copa 2014futebolHolanda

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.