Divulgação
Divulgação

Homem com camisa do Cruzeiro mata uma pessoa em BH

Polícia investiga se crime está relacionado ao clássico com Atlético

Leonardo Augusto , Especial para O Estado de São Paulo

13 de setembro de 2015 | 19h48

Um homem foi assassinado na Vila Sumaré, Região Noroeste da capital, durante a partida entre Cruzeiro e Atlético no Mineirão. O crime ocorreu por volta das 18h. O autor dos disparos utilizava uma camisa do  Cruzeiro, conforme testemunhas, e ainda não foi localizado. O homicídio aconteceu em via pública, segundo informações da Polícia  Militar. Ainda conforme a PM, ainda não há condições de informar se o assassinato tem relação com o jogo entre as duas equipes. O nome da vítima ainda não foi divulgado.

Antes da partida, que começou às 16h, duas pessoas ficaram feridas durante briga de torcedores dos dois times na Avenida Cristiano Machado, na altura do bairro União, Região Nordeste de Belo Horizonte. A via é um dos acessos ao Mineirão. Cerca de 25 pessoas se envolveram na confusão. Os feridos, foram levados para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro Primeiro de Maio, que também fica na região. Ambos tiveram escoriações leves e foram liberados. 

Em Venda Nova, na Região Norte da capital, um ônibus com torcedores do Cruzeiro foi interceptado por um grupo de atleticanos quando fazia o trajeto entre Ribeirão das Neves, na Grande Belo Horizonte, e o estádio. Pedras foram atiradas contra o veículo. Os torcedores que estavam no ônibus, e também os que lançaram as pedras, foram detidos. Barras de ferro e pedaços de pau foram apreendidos.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolcruzeiroatletico-mgbrasileirao

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.