Alex Silva/ Estadão
Alex Silva/ Estadão

Homenagens continuam e Ceni deve voltar ao São Paulo na quarta

Goleiro trabalha para superar contratura muscular na coxa direita

GONÇALO JUNIOR, O Estado de S. Paulo

07 de setembro de 2015 | 11h25

As homenagens do São Paulo ao goleiro Rogério Ceni pelo 25º aniversário no clube começaram no último sábado, na vitória sobre o Internacional, e continuam nesta segunda-feira, data oficial da chegada do jogador ao clube. Todas as redes sociais do clube trazem 25 fatos importantes sobre a carreira de Rogério Ceni, que fez testes no São Paulo no dia 7 de setembro de 1990.

No último sábado, Rogério recebeu duas esculturas de presente. A primeira reproduz uma das suas defesas na decisão do Mundial de Clubes de 2005, contra o Liverpool, e foi entregue pelo presidente Carlos Miguel Aidar. A segunda, uma maquete do estádio do Morumbi feita de bronze, foi entregue por um sócio-torcedor.

Um dos "presentes" que Rogério espera receber nesta semana é a recuperação total de uma contratura muscular na coxa direita que o afastou dos últimos três jogos, inclusive do jogo festivo de sábado. O goleiro treinou nesta segunda-feira, aparentemente não sentiu dores e pode voltar na quarta-feira, contra o Santos, pelo Campeonato Brasileiro, na Vila Belmiro.

Rogério Ceni é um dos maiores colecionadores de recordes do futebol brasileiro. Ele já conquistou 33 títulos, entre eles a Libertadores e o Mundial de Clubes, é o maior goleiro artilheiro do futebol mundial com 131 gols, possui o maior número de jogos disputados por uma mesma equipe - 1227 - é o goleiro com maior número de gols de falta - 61 -, e possui, entre outras marcas, o maior número de jogos como titular de uma mesma equipe - 1224.

 

Top #M1TO25: 18º - Rogério Ceni, nas cobranças de penalidades, defende dois chutes e ainda marca o seu, classificando o Expressinho do Tricolor na competição e eliminando os rivais.Posted by São Paulo FC on Segunda, 7 de setembro de 2015

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSão Paulo FCRogério Ceni

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.