Vitor Silva / Botafogo
Vitor Silva / Botafogo

Honda estranha eliminação do Botafogo, mas elogia Fluminense pela vaga na final

Meia japonês critica ausência de prorrogação ou pênaltis para definir quem seria o classificado

Redação, Estadão Conteúdo

05 de julho de 2020 | 21h29

Na tarde deste domingo foram disputas as duas partidas da fase semifinal da Taça Rio, segundo turno do Campeonato Carioca. Enquanto o Flamengo venceu o Volta Redonda e avançou, o Fluminense foi à decisão depois de um empate com o Botafogo. Fato que causou estranheza ao camisa 4 do alvinegro, o meia japonês Keisuke Honda.

Sem estar completamente adaptado ao futebol brasileiro, o japonês parabenizou o Fluminense, mas em sua conta oficial no Twitter, em uma postagem feita logo após o jogo, questionou o regulamento do Campeonato Carioca e disse que esperava que a decisão pela vaga na final fosse decidido em uma prorrogação e disputa de pênaltis. Aproveitando para cutucar a Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj).

"Parabéns ao Fluminense e eles mereceram vencer o jogo. Porém, sinto que preciso dizer. A regra precisa ser mudada. Nunca vi não ter prorrogação ou pênalti em um campeonato", postou Honda no Twitter.

O Fluminense tinha a vantagem de jogar por um empate por ter terminado a primeira fase da Taça Rio na liderança do Grupo B. Na decisão do segundo turno do Campeonato Carioca, o time tricolor irá enfrentar o Flamengo, que conquistou a Taça Guanabara e se vencer mais uma vez ficará com o título estadual. Já ao Botafogo resta a preparação para o Campeonato Brasileiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.