Fabio Motta/Estadão
Fabio Motta/Estadão

Horas após retorno, Del Nero se reúne com dirigentes na CBF

Manhã desta sexta teve protesto e 'buzinaço' em frente à entidade

Marcio Dolzan, O Estado de S. Paulo

29 de maio de 2015 | 11h02

O presidente da CBF, Marco Polo Del Nero, já está na sede da entidade, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio, nesta sexta-feira, 29. O dirigente chegou ao Brasil pouco antes das 5h da manhã, após deixar Zurique um dia antes da eleição para a presidência da Fifa. Del Nero está reunido neste momento com outros dirigentes da CBF. Ele concederá uma entrevista coletiva no fim da manhã.

O dirigente chegou à sede da entidade por volta das 10h. Do lado de fora, foi recepcionado por uma manifestante solitário, o vendedor de livros Edson Rosa. Morador do centro do Rio, ele chegou ao local pouco antes das 7h30 com um cartaz com a inscrição “corrupção, o maior vandalismo”.

Alguns veículos passam em frente à CBF buzinando. Alguns motoristas ainda gritam palavras de desaprovação.

O dirigente desembarcou nesta sexta-feira, no aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro, às 4h40, em um voo vindo de Frankfurt, na Alemanha. Ele deixou o Congresso da Fifa realizado em Zurique na quinta-feira, em meio ao maior escândalo de corrupção do futebol após a prisão do vice-presidente da CBF José Maria Marin, com a qual se disse 'chocado'.

O nome do presidente da CBF não é citado nominalmente no documento divulgado pela Justiça norte-americana na quarta-feira, mas o Estado apurou que Del Nero faz parte das investigações de fraude e corrupção, embora não tenha sido convocado a depôr e não exista um pedido de prisão contra ele.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.