Hornets precisa de duas prorrogações para vencer Suns

Leandrinho joga bem, mas não consegue evitar derrota do time que anunciou a contratação de Shaq

07 de fevereiro de 2008 | 10h12

O New Orleans Hornets precisou de duas prorrogações para vencer, fora de casa, o Phoenix Suns por 132 a 130. O destaque do time visitante (33-15) ficou com o armador Chris Paul, com 42 pontos, enquanto o ala sérvio Peja Stojakovic marcou outros 26 e converteu a cesta que definiu o triunfo de sua equipe.  Veja também: Negociação fechada: Shaq agora é do Phoenix Suns Com a vitória, a franquia de Nova Orleans assumiu a vice-liderança da Divisão Sudoeste.  Já pelo Suns, o ala-armador brasileiro Leandrinho jogou por 41 minutos e marcou 22 pontos, ao converter 7 de 12 arremessos de quadra, incluindo 4 de 5 de três pontos e 4 de 5 lances livres. Ele ainda deixou a quadra com três rebotes e duas assistências, mas não conseguiu evitar a derrota do Phoenix, que anunciou a contratação do pivô Shaquille O'Neal, que estava no Miami Heat. O armador Steve Nash foi o melhor em quadra pelo Suns (34-15), com 32 pontos e 12 assistências. O pivô Amare Stoudemire também conseguiu seu 'double-double' para o Phoenix, com 26 pontos e 20 rebotes, sua melhor marca na temporada.  Apesar da derrota, o time de Leandrinho segue na liderança da Divisão Pacífico. Todos os resultados da rodada da NBA: Atlanta Hawks 98 x 95 Los Angeles Lakers        Orlando Magic 100 x 84 New Jersey Nets           Washington Wizards 77 x 85 San Antonio Spurs         Boston Celtics 111 x 100 Los Angeles Clippers     Detroit Pistons 100 x 95 Miami Heat                New York Knicks 100 x 103 Indiana Pacers           Dallas Mavericks 107 x 96 Milwaukee Bucks           Denver Nuggets 115 x 118 Utah Jazz                Phoenix Suns 130 x 132 New Orleans Hornets      Portland Trail Blazers 100 x 97 Chicago Bulls             Sacramento Kings 92 x 105 Seattle Supersonics     

Tudo o que sabemos sobre:
NBA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.