Daniel Teixeira/AE
Daniel Teixeira/AE

Hospital confirma morte cerebral de torcedor do Palmeiras

Guilherme Vinicius, de 19 anos, se envolveu em briga com torcedores do Corinthians antes do clássico de domingo

estadão.com.br

27 de março de 2012 | 10h19

SÃO PAULO - O torcedor palmeirense Guilherme Vinicius Jovanelli Moreira, de 19 anos, teve morte encefálica confirmada pela assessoria de imprensa do Hospital São Camilo na manhã desta terça-feira.

O garoto se envolveu em confusão com torcedores do Corinthians antes do clássico realizado domingo, no Pacaembu. Guilherme estava internado desde domingo em estado gravíssimo.

Na tarde de segunda-feira, num fórum de torcedores do Palmeiras, sua morte já era dada como certa, baseado em informações da família. Os médicos que assistiam o rapaz, no entanto, ainda tinham esperança que ele fosse reagir, o que não aconteceu na madrugada desta terça-feira. Guilherme era chamado pelos cologas de Vinicius Zulu.

Segundo boletim assinado pelo médico Jair Cremonin Jr., diretor do São Camilo, a morte cerebral de Guilherme Vinicius Jovanelli Moreira foi decretada após "diagnóstico fechado às 5h15 do dia de hoje, a partir de provas clínicas e de exame de imagem".

Em seguida, o comunicado lembra que o torcedor segue respirando com ajuda de aparelhos na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do hospital. Anteriormente, ele chegou a passar por uma neurocirurgia para drenagem de um hematoma.

Guilherme é a segunda vítima fatal do fim de semana envolvendo corintianos e palemirenses, que se pegaram em confronto na Avenida Inajar de Souza, ne Freguesia do Ó.

Na segunda-feira, o também palmeirense André Alves foi enterrado no cemitério do Jaçanã. Ele tinha 21 anos e também participou da briga com corintianos na zona norte.

Outros cinco torcedores feridos na briga do último domingo foram internados em hospitais de São Paulo, sendo que três deles já receberam alta. Entre os que seguem hospitalizados, o torcedor Gabriel Carlos, de 23 anos, foi submetido a um procedimento cirúrgico no Hospital Dante Pazzanese, após ter sido transferido do Hospital do Mandaqui, segundo a Secretaria Estadual de Saúde.

Já um outro torcedor, não identificado, até a última segunda estava internado no Hospital Cruz Azul, no Cambuci, com traumatismo craniano, fratura nas mãos e na coxa. Ele estava consciente e passava bem, de acordo com boletim médico.

A Polícia e a Federação Paulista de Futebol decidiram proibir a entrada nos estádios de São Paulo das organizadas de Corinthians e Palmeiras até que tudo seja esclarecido. Gaviões e Mancha estão vetadas de acompanharem in loco os jogos de seus respectivos times no Campeonato Paulista.

VEJA O BOLETIM MÉDICO DO HOSPITAL SÃO CAMILO:

Boletim médico 27.03 - 10h - Unidade Pompeia

São Paulo 27/3/2012

Informo que o paciente G.V.J.M., de 19 anos, encontra-se em morte encefálica, diagnóstico fechado às 5h15 do dia de hoje, a partir de provas clínicas e de exame de imagem. No momento, em suporte ventilatório e hemodinâmico na UTI.

Atenciosamente,

Dr. Jair Cremonin Jr.

Diretor Médico do Hospital São Camilo Pompeia

CRM 110.269

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.