Paul Ellis/AFP
Paul Ellis/AFP

Hospital diz que Karius foi afetado por concussão na final da Liga dos Campeões

Segundo nota, péssima atuação do goleiro na derrota do Liverpool para o Real Madrid, na final da Liga dos Campeões, foi diretamente afetada pela cotovelada que recebeu de Sergio Ramos

Estadão Conteúdo

04 Junho 2018 | 16h38

A péssima atuação do goleiro Karius na derrota do Liverpool para o Real Madrid, na final da Liga dos Campeões, foi diretamente afetada pela cotovelada que recebeu de Sergio Ramos no início do segundo tempo. Foi isso o que garantiu o Hospital Geral de Massachusetts, nos Estados Unidos, onde o jogador passou por exames após a decisão do último dia 26, em Kiev.

+ Alisson lamenta falhas de Karius contra o Real Madrid: 'Fiquei triste junto'

"Depois de cuidadosamente rever o vídeo do jogo e integrar uma história completa - incluindo os sintomas imediatamente reportados após o contato -, uma examinação física e métricas objetivas, nós concluímos que o Sr. Karius sofreu uma concussão durante a partida do dia 26 de maio de 2018", informou em nota.

Aos quatro minutos do segundo tempo da decisão, quando o placar ainda apontava 0 a 0, Sergio Ramos acertou o cotovelo no rosto do goleiro após cruzamento da esquerda. O lance passou desapercebido pelo árbitro, mas foi flagrado pelas imagens da tevê e amplamente discutido desde então.

O fato é que a partir do minuto seguinte, começou o pesadelo de Karius. Ao tentar sair jogando em sua área, o goleiro acertou o pé de Benzema, que abriu o placar para o Real. Depois, já com o time espanhol com 2 a 1 de vantagem, o goleiro sofreu um verdadeiro frango ao tentar agarrar chute de muito longe de Gareth Bale.

"No momento da nossa avaliação, os principais sintomas residuais e sinais objetivos do Sr. Karius sugeriram que existia disfunção visual e que isto ocorreu imediatamente após o evento (cotovelada de Sergio Ramos). Sintomas adicionais e áreas objetivamente notadas de disfunção também persistiram. É possível que estes problemas afetaram seu desempenho", explicou o hospital.

Karius deixou o campo após a derrota por 3 a 1 chorando muito e pedindo desculpas à torcida, o que não impediu que ele fosse alvo de ameaças de fãs irritados pela atuação. Sobre o estado de saúde do goleiro, o hospital apontou que ele "apresentou melhora significativa desde o evento e deve ter uma recuperação completa, baseado nos resultados dos exames".

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.