Divulgação
Divulgação

Hudson convoca torcida para São Paulo tentar recuperar recorde de público

O capitão do São Paulo, o volante Hudson, pediu nesta segunda-feira para a torcida ir ao Morumbi na quarta-feira, contra o Atlético-MG, pela Copa Libertadores, para ajudar o clube a recuperar o recorde de público do ano. A final do Campeonato Carioca, entre Vasco e Botafogo, no último domingo, reuniu 60 mil pessoas e superou a marca anterior, que pertencia ao time paulista.

O Estado de S. Paulo

09 de maio de 2016 | 16h48

Na vitória por 4 a 0 sobre o Toluca, do México, há duas semanas, o Morumbi recebeu 53,2 mil torcedores, número inferior aos 60 mil no Maracanã para a decisão no último domingo. "Fiquei sabendo que bateram nosso recorde, mas a torcida do São Paulo não vai deixar assim não. Vai ser no Morumbi o recorde de público, na quarta-feira", comentou Hudson.

O São Paulo anunciou no domingo que todos os ingressos foram vendidos para a partida. Da carga total de 64,6 mil bilhetes, os 50,9 mil destinados à comercialização estavam esgotados antes mesmo da abertura da bilheteria. Restavam apenas entradas para os camarotes e também para o setor de cadeiras cativas, que não vai à venda.

"Jogar no Morumbi representa muito para a gente. É uma forma de motivação extra, que nos empurra o tempo todo e intimida o adversário. Morumbi é grande, apesar da distância para o campo, 60 mil pessoas fazem a diferença", disse o jogador. No ano o São Paulo disputou quatro partidas no estádio, com quatro vitórias (Oeste, Trujillanos, River Plate e Toluca).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.