Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Hugo cai nas graças de Passarella

Hugo continua encantando Daniel Passarella. O meia, que chegou ao Parque São Jorge só para completar o grupo, aos poucos, está se transformando num dos jogadores mais importantes da equipe. Fez uma bela partida contra o Barbarense, sábado, e nesta quinta-feira, diante do Guarani, jogou ainda melhor. Construiu toda a jogada do primeiro gol e ainda marcou o dele, num lindo cabeceio. No final da partida, foi reverenciado pelo chefe. "Comigo, nome não joga. Joguei por dez anos no River e nunca me achei titular. Aqui, qualquer um pode jogar, sem importar quanto custou ou se tem nome."Em seguida, o próprio Passarella fez questão de dizer que está pensando em manter Hugo na equipe. "Ele chegou aqui meio tímido, sem confiança. Falei muito com ele. Disse que ele poderia se soltar que seria reconhecido. Ele se soltou e deve continuar na equipe." Hugo não teve tempo para curtir a boa atuação. Sorteado para o exame antidoping, não deu nenhuma entrevista após o jogo. Nesta sexta-feira o dia promete para ele.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.