Yuri Edmundo / EFE
Yuri Edmundo / EFE

Hulk festeja bom momento no Atlético-MG e lembra cobranças na estreia

Após passar um momento turbulento no clube, atacante tem atuado bem, como na vitória sobre o La Guaira

Redação, O Estado de S.Paulo

26 de maio de 2021 | 00h11

Quem te viu, quem te vê. O badalado atacante Hulk deixou o gramado do Mineirão como melhor em campo na goleada por 4 a 0 em cima do La Guaira, da Venezuela, pela sexta rodada do Grupo H da Copa Libertadores. Após dar uma assistência para o gol de Savarino e marcar um dos gols, o jogador comemorou o bom momento pelo Atlético-MG, bem diferente de quando o time estreou na competição.

"Estou feliz porque é gratificante quando a gente atinge nossos objetivos. O nosso primeiro jogo foi na Venezuela, contra eles, e conseguimos só um ponto. Fomos cobrados. Mas a equipe respondeu bem, hoje está comemorando esse objetivo com vitória e no primeiro lugar geral, o que é muito importante", resumiu o atacante.

Agora ele tem seis gols, sendo artilheiro da competição ao lado de Gabriel Barbosa, do Flamengo, e Borja, do Junior Barranquilla. O crescimento técnico do time e dele próprio é resultado de um processo de evolução. "Eu procuro trabalhar bastante. Vejo meus erros para melhorar, tanto que hoje me sinto muito bem, inclusive fisicamente, para fazer o que o professor (Cuca) pede", concluiu.

Por coincidência os dois pontos perdidos pelo campeão mineiro foram, justamente, diante do La Guaira, no primeiro jogo na Venezuela com o empate por 1 a 1. Depois foram cinco vitórias seguidas. Ao todo, são 15 gols marcados e apenas três sofridos. O Atlético somou 16 pontos e vai ter a vantagem de disputar sempre em casa o segundo jogo na fase de confrontos, que começa com as oitavas.

Mas a competição vai parar agora por causa da Copa América de seleções e só volta daqui 45 dias. No final de semana, porém, o Atlético vai estrear no Campeonato Brasileiro, na condição de um dos favoritos, diante do Fortaleza. O jogo está marcado para domingo, às 11 horas, no Mineirão.

Tudo o que sabemos sobre:
Atlético MineirofutebolHulk

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.