Reuters
Reuters

Hulk reafirma desejo de jogar no Palmeiras, mas vê dificuldade de deixar a China

Atacante está no Shanghai SIPG desde 2016 e admite vontade de atuar no Brasil pelo clube alviverde

Redação, Estadão Conteúdo

25 Dezembro 2018 | 10h38

Torcedor confesso do Palmeiras, o atacante Hulk nunca escondeu o desejo de um dia defender seu clube de coração. Depois de uma partida beneficente em Campina Grande, neste fim de ano, o jogador do Shanghai SIPG, da China, voltou a falar sobre o assunto e reafirmou seu carinho pelo time paulista.

"Sempre surge essa especulação do meu nome como jogador do Palmeiras, justamente pelo carinho que eu tenho pelo time. Já deixei claro para todo mundo essa minha identificação com o Palmeiras. É um desejo meu, um desejo de voltar a jogar no Brasil", comentou.

O próprio atacante, porém, admitiu a dificuldade deste desejo ser realizado, ao menos no momento. "É algo que, no momento, fica um pouco complicado de acontecer. Tenho mais dois anos de contrato para cumprir no meu clube e estou feliz na China", considerou.

Hulk tem vínculo até 2020, é um dos principais nomes do Shanghai SIPG e foi fundamental na conquista do Campeonato Chinês deste ano, o primeiro da história do clube. Lá, ele atua ao lado de outros dois brasileiros: o meia Oscar e o atacante Elkeson.

 

 

Mais conteúdo sobre:
futebolPalmeirasHulk

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.