Hulk vai participar do sorteio das Eliminatórias da Copa de 2018

A Fifa anunciou nesta quarta-feira o último "assistente" do sorteio das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2018, a ser realizado no sábado. O escolhido foi o brasileiro Hulk, que será o representante da casa, por defender o Zenit, da cidade de São Petersburgo, local do grande evento, que serve de pontapé inicial do Mundial da Rússia.

Estadão Conteúdo

22 de julho de 2015 | 14h37

Sem muitas chances na seleção brasileira desde o fim da Copa de 2014, o atacante tem status de astro em São Petersburgo por brilhar com a camisa do Zenit, atual campeão russo, desde setembro de 2012. Decisivo para a conquista nacional, Hulk atingiu a marca de 100 jogos pela equipe em abril deste ano. Tinha então 49 gols.

"Estou muito feliz e lisonjeado por ter recebido este convite", comentou o brasileiro, que completará 28 anos justamente na data do sorteio. Hulk vai comemorar o aniversário ao lado da família, bem adaptada à Rússia. "Eu me sinto muito bem adaptado à Rússia e minha família gosta muito de São Petersburgo. Da janela do meu apartamento, posso ver as obras do novo estádio do Zenit. Espero poder jogar a próxima Copa do Mundo aqui, perto de casa."

Além de Hulk, vão representar o futebol local o atacante russo Alexander Kerzhakov, companheiro do brasileiro no Zenit e titular da seleção russa. Os dois terão a companhia do ex-goleiro Rinat Dasaev, de 58 anos, que defendeu a seleção da extinta União Soviética.

O trio vai se juntar ao brasileiro Ronaldo, ao italiano Fabio Cannavaro, ao uruguaio Diego Forlán, ao camaronês Samuel Eto''o, ao argelino Rabah Madjer e ao alemão Oliver Bierhoff. Todos destaques em diferentes edições da Copa do Mundo, eles vão auxiliar o sorteio das Eliminatórias no palco montado no Konstantin Palace, em São Petersburgo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.