Divulgação|Chapecoense
Divulgação|Chapecoense

Hyoran acerta com o Palmeiras e escreve carta para torcedores da Chapecoense

Jogador se recuperava de lesão e escapou do trágico acidente aéreo

Estadão Conteúdo

19 de dezembro de 2016 | 17h49

O Palmeiras confirmou nesta segunda-feira a chegada do meia Hyoran, de 23 anos, que estava na Chapecoense. O site oficial do clube paulista informou que o jogador assinou contrato até o fim de 2020. "Estou bastante feliz e agradecido a Deus pelo acerto com o Palmeiras. É uma honra chegar ao clube que mais vezes conquistou o Campeonato Brasileiro. É o atual campeão, ganhou de forma merecida e tem uma história gigantesca. Estou muito empolgado com a oportunidade e espero corresponder toda a confiança depositada em mim", afirmou.

Natural de Chapecó (SP), o jogador atuou 83 vezes com a camisa da equipe de Santa Catarina e balançou as redes em nove oportunidades. O jogador se recuperava de uma lesão quando o elenco da Chapecoense viajou à Colômbia para a disputa da decisão da Copa Sul-Americana e, por isso, ficou fora do trágico acidente.

No Palmeiras, o atleta terá a concorrência dos meias Raphael Veiga, que também foi anunciado nesta segunda-feira, Allione, Cleiton Xavier, Fabrício, Moisés e Vitinho. Hyoran divulgou uma carta agradecendo ao clube que o revelou para o futebol. "É bem difícil encontrar palavras nesse momento. Mas sei que é preciso. Preciso principalmente falar com todos de Chapecó e que amam a Chapecoense, assim como eu".

"É a maior negociação da história da Chapecoense. E repito que já estava concretizada bem antes do que acabou acontecendo por aqui, essa tragédia. Espero que de alguma maneira a minha negociação possa ajudar o clube da minha cidade, que me criou, me transformou num homem, e que em breve vai ser pai e vai com muito orgulho contar ao filho que a nossa Chape foi primordial para a vida dele", escreveu Hyoran.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.