Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Hyoran vê confronto com o Grêmio como 'decisão' para o Palmeiras

Alviverde recebe o tricolor gaúcho no domingo, no estádio do Pacaembu

Estadão Conteúdo

12 Outubro 2018 | 16h58

Palmeiras e Grêmio se enfrentam no domingo, às 16h, em um duelo de extrema importância na briga pelas primeiras posições do Brasileirão. O meia Hyoran concedeu entrevista coletiva nesta sexta-feira e destacou a importância da partida e o fato do jogo ser encarado como uma decisão para os dois times.

"É um jogo diferente, mas encararemos como uma decisão, assim como estamos encarando todos os jogos. É um concorrente que está brigando lá em cima, tem um grupo qualificado e é um time com muita história. Sabemos das dificuldades que teremos, será um jogo complicado contra uma grande equipe", disse o meia palmeirense.

O jogador, que ainda não tem presença assegurada como titular na partida deste domingo, acredita que os gremistas entraram em campo com mais vontade e cientes de que um resultado negativo o deixam muito mais distantes da briga pela ponta da tabela.

"Eles virão com o espírito de decisão para jogar contra a gente. Eles sabem que, se a gente vencer, abriremos uma vantagem grande. Mas é o mesmo espírito que eles encontrarão na gente, um time aguerrido e buscando a vitória. Entraremos lutando e aguerridos porque sabemos que é um jogo muito importante para chegarmos ao nosso objetivo, que é o título", comentou.

Mais uma vez, o Palmeiras não terá o Allianz Parque para usar, já que a casa alviverde estará sendo usada para um show. Hyoran acredita que o fato de não atuar em seus domínios pode ser algo prejudicial, mas que o time está acostumado com o Pacaembu.

"Às vezes a gente sente por não jogar no Allianz Parque, mas conseguimos nos portar bem no Pacaembu, temos bons resultados. Isso nos dá confiança, mas retrospecto não entra em campo e não dá garantia de nenhum resultado. Temos de entrar focados para conseguirmos um bom resultado", minimizou.

Para o confronto com o Grêmio, o Palmeiras não poderá contar com o lateral-direito Marcos Rocha (lesão na panturrilha), Felipe Melo e Victor Luis (suspensos), Miguel Borja (convocado) e Artur (fratura no braço). Gustavo Gómez deve ter condições de jogo, após defender a seleção do Paraguai, e os laterais Mayke e Diogo Barbosa conseguiram efeito suspensivos, após serem suspensos por duas partidas pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD).

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.