Ibarra não chega a acordo e deixa Boca Juniors

O lateral-direito Hugo Ibarra, de 34 anos, rejeitou nesta quarta-feira a proposta de renovação apresentada pela diretoria do Boca Juniors e, assim, deixou o clube argentino, onde estava desde 2005. Para o lugar de Ibarra, a diretoria deve apostar no uruguaio Andrés Gunino, que pertencia ao Danúbio, do Uruguai.

AE, Agencia Estado

22 de julho de 2009 | 21h12

Atingida por problemas financeiros, o que resultou na venda do atacante Palácio e em problemas para renovar com o colombiano Fabián Vargas, a diretoria propôs uma redução no salário de Ibarra. Com propostas do atual campeão da Libertadores, o Estudiantes, e do Colón de Santa Fé, o lateral rejeitou a oferta do Boca Juniors.

O diretor geral de futebol do clube, Carlos Bianchi, divulgou nota oficial agradecendo todos os serviços prestados pelo jogador ao Boca Juniors.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBoca JuniorsIbarra

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.