Michael Silva/ Íbis
Michael Silva/ Íbis

'Pior time do mundo', Íbis volta à primeira divisão do Campeonato Pernambucano

Empate com o Petrolina garante acesso e vice-campeonato; última edição em que esteve presente na elite foi em 2000

Redação, O Estado de S.Paulo

14 de novembro de 2021 | 22h30

O Íbis está de volta à elite do Campeonato Pernambucano. A equipe ficou 21 anos disputando divisões inferiores e agora, para a irônica insatisfação dos torcedores do "pior time do mundo", estará disputando o título do torneio Estadual ao lado dos grandes Sport, Náutico e Santa Cruz.

A equipe da cidade de Paulista, a poucos quilômetros da capital Recife, empatou neste domingo com o Petrolina em duelo direto pela vaga: 2 a 2. Com o resultado, o Íbis garantiu o acesso ao lado do Caruaru City, jovem equipe do interior pernambucano, que conquistou o título regional.

O Íbis já vinha impressionando por seus resultados logo na primeira fase. No Grupo A, o Pássaro Preto, como é conhecido, avançou na segunda posição, igualado em pontos ao líder América-PE. Na etapa seguinte, as equipes foram divididas em dois grupos, com quatro times em cada. O Íbis terminou novamente em segundo lugar, atrás do Petrolina, de quem foi algoz nesta tarde.

Na fase decisiva, um quadrangular foi formado com Petrolina, Íbis, Caruaru City e América-PE. Em confrontos só de ida, o Caruaru somou cinco pontos e, no saldo de gols, superou o Íbis, que terminou com a mesma pontuação. O Petrolina fez quatro, enquanto o América, apenas um.

Com a definição do acesso neste domingo, estão definidas as equipes que participarão da Série A1 do Campeonato Pernambucano em 2022: Náutico, Sport, Salgueiro, Santa Cruz, Afogados, Vera Cruz, Retrô, Sete de Setembro, Caruaru City e Íbis.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.