Ibrahimovic admite se aposentar no Paris Saint-Germain, em 2016

Atacante sueco tem contrato com o time parisiense e afirma que não se vê em outro clube depois disso, quando terá 34 anos

O Estado de S.Paulo

14 de agosto de 2014 | 18h24

Em entrevista para a imprensa dos Estados Unidos, o atacante Ibrahimovic admitiu pela primeira vez que pensa em sua aposentadoria. Não será para agora, mas o jogador de 32 anos dá sinais de que seu contrato com o Paris Saint-Germain será o último em sua carreira. Seu vínculo com o time parisiense termina em 2016, quando ele terá 34 anos.  

"Meu contrato com o PSG se encerra em 2016, quando terei 34. Não me vejo continuando a jogar neste nível com essa idade. Portanto, a resposta (sobre aposentadoria no clube francês) é provavelmente sim", explicou o sueco à ESPN FC.

Ibra não soube explicar direito o que faria depois de parar com o futebol nem se suportaria mais alguns anos em alto nível na Europa. O jogador sueco também não se animou com o fato de os dirigentes do PSG lhe oferecerem um cargo no clube após seu contrato. "Ainda não sei se quero me tornar um dirigente do futebol. É muito cedo para pensar nisso. Vamos esperar um pouco e ver o que acontece."

Principal jogador de um dos melhores e mais ricos times da Europa, Ibrahimovic sabe que tem responsabilidades em Paris, mas admite não ser pressionado a ganhar os títulos que ainda lhe faltam, como a Liga dos Campeões. "Isso não é obsessão. Sinto que alcancei 100% o que queria na carreira. Ganhei 23 títulos. É claro que seria bom ganhar e sinto que ainda posso. Mas se minha carreira terminar sem isso, vou me sentir igualmente feliz. O verdadeiro Ronaldo (o atacante brasileiro) também não conquistou a Liga dos Campeões. O que as pessoas dizem dele?"

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.