Alberto Lingria/Reuters
Alberto Lingria/Reuters

Ibrahimovic dá preferência a Mourinho e detona Guardiola: 'Ele me sacrificou por Messi'

Atacante sueco critica convivência com o treinador espanhol durante os tempos de Barcelona

Redação, O Estado de S.Paulo

27 de março de 2020 | 12h28

Zatlan Ibrahimovic, atacante do Milan, soltou, mais uma vez, declarações polêmicas. O astro, que jogou sob os comandos de Pep Guardiola, no Barcelona, afirmou nesta sexta-feira que a filosofia de jogo do treinador, era um empecilho para seu futebol.

"Meu problema em Barcelona era um homem, o filósofo. Eu me encontrei em uma situação em que o treinador não falava comigo e isso era algo novo para mim e não sei o que aconteceu. Hoje ainda não sei qual era o problema", afirmou Ibra, ao periódico espanhol Marca, que acrescentou, "Ele me sacrificou por Messi e não teve coragem de me dizer. Seu discurso filosófico é uma merda para os atacantes".

Em contrapartida, seu relacionamento com José Mourinho, que rivaliza com Guardiola, é diferente. Zatlan acredita que o português "é como ele", já que quer "sempre ser o número um".

"Eu poderia sair e matar por ele (Mourinho). Mou sempre enfrentou desafios difíceis, enquanto Guardiola os evita. Mourinho não precisa desempenhar um papel, o outro quer ser perfeito", disse.

Ibrahimovic retornou ao futebol italiano em 2020 e, em dez partidas disputadas, marcou quatro gols. Na temporada passada, pelo Los Angeles Galaxy, o atacante marcou 53 gols, em 58 partidas. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.