Jason Cairnduff / Reuters
Jason Cairnduff / Reuters

Ibrahimovic, Matic e Jones podem jogar clássico, diz Mourinho

Manchester United e Manchester City se enfrentam neste domingo

Estadão Conteúdo

08 de dezembro de 2017 | 13h58

O técnico José Mourinho afirmou nesta sexta-feira que o atacante Zlatan Ibrahimovic poderá voltar a ser titular do Manchester United, justamente no clássico contra o Manchester City, no domingo, em rodada do Campeonato Inglês. Além dele, o meia Nemanja Matic e o defensor Phil Jones podem ganhar chance na equipe no duelo marcado para o Old Trafford.

+ Confira a classificação do Campeonato Inglês

Mourinho não confirmou a escalação, mas garantiu que o trio está disponível para a importante partida, que vai reunir os dois líderes do Inglês. Ibrahimovic ainda está retomando o ritmo de jogo na temporada, após voltar de grave lesão. Phil Jones, por sua vez, voltará a ser relacionado após se recuperar de lesão muscular sofrida no mês passado.

Nemanja Matic, por sua vez, ainda está em processo de reabilitação física. Mesmo assim, Mourinho incluiu o meia na lista de relacionados. Um dos jogadores de confiança do treinador português, Matic será opção na equipe por causa dos desfalques certos de Michael Carrick e Eric Bailly. Paulo Pogba vai cumprir suspensão e Marouane Fellaini ainda é dúvida. Será reavaliado neste sábado.

Apesar das baixas, Mourinho projeta um grande duelo no Old Trafford. "Para mim, é uma das grandes partidas, contra um dos melhores times do país. Hoje somos um time melhor do que éramos no ano passado. E acho que o City também está jogando melhor do que na temporada passada", comentou o técnico.

Para o United, o clássico é oportunidade preciosa para reduzir a vantagem do rival na liderança. O City tem oito pontos de frente sobre o time de Mourinho. Se o United vencer, a diferença cairá para cinco.

"Não preciso dizer que um clássico é algo especial para as pessoas. Para nós, no final das contas, serão três pontos em jogo. Mas, honestamente, para as pessoas nascidas aqui, é uma rivalidade muito positiva e uma partida muito especial", declarou Mourinho, que voltará a enfrentar Josep Guardiola, treinador do City.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.