Icasa só empata em casa e vê o G-4 ficar mais distante

Equipe cearense joga boa parte do segundo tempo com um jogador a mais, mas não consegue furar defesa do América-RN

AE, Agência Estado

10 de setembro de 2013 | 22h09

JUAZEIRO DO NORTE - O Icasa perdeu uma grande chance de se aproximar ainda mais do G-4, o grupo de acesso, do Campeonato Brasileiro da Série B. Nesta terça-feira, pela 21.ª rodada, ficou apenas no empate por 1 a 1 com o América-RN, no estádio Romeirão, em Juazeiro do Norte (CE), jogando uma boa parte do segundo tempo com um jogador a mais em campo.

Com o ponto conquistado, os cearenses chegaram a 32, ficando em sexto lugar, com cinco a menos que o Joinville, o quarto colocado. Por sua vez, o América-RN retornou para a zona de rebaixamento. Com 22 pontos, em 18.º lugar, foi ultrapassado pelo Paysandu e pelo São Caetano, que venceram Ceará e Paraná, respectivamente.

O primeiro tempo foi de um time só. O Icasa, desde o começo, pressionou de todos os lados, queria a vitória a todo custo, mas não conseguiu furar o forte sistema defensivo do América-RN, que no contra-ataque era perigoso. Aos 27 minutos, os potiguares tiveram uma boa chance. Fabinho invadiu a área, mas na hora do chute ele bateu fraco, recuando a bola para o goleiro cearense.

No segundo tempo, a pressão do Icasa era grande e aos 28 minutos aumentou ainda mais. O lateral-direito Norberto foi expulso do lado do América-RN. Com isso, o time cearense foi para cima e, aos 40 minutos, Carlinhos foi derrubado na área e o árbitro marcou pênalti. Tadeu bateu com categoria e abriu o placar. Mas, no ataque seguinte, após cobrança de escanteio, o zagueiro Edvânio subiu mais que todo mundo e testou para deixar tudo igual.

Pela 22.ª rodada, o Icasa joga contra o Avaí, neste sábado, às 16h20, no estádio da Ressacada, em Florianópolis, enquanto que o América-RN joga no mesmo dia, mas na parte da noite, às 21 horas, em Goianinha (RN), contra o Paysandu.

FICHA TÉCNICA

ICASA 1 x 1 AMÉRICA-RN

ICASA - João Ricardo; Luis Gustavo (Leandrinho), Preto Costa e Luiz Otávio; Neilson, Da Silva, Radamés (Roberto), Geraldo (Chapinha) e Carlinhos; Juninho Potiguar e Tadeu. Técnico: Sidney Moraes.

AMÉRICA-RN - Sílvio; Norberto, Zé Antônio, Edvânio e Raí; Daniel Amora, Márcio Passos, Fabinho (Jimmy) e Chiquinho Gaúcho (Chiquinho Alagoano); Rodrigo Pimpão (Almir) e Junior Negão. Técnico: Pintado.

GOLS - Tadeu (pênalti), aos 41, e Edvânio, aos 43 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Geraldo (Icasa); Zé Antônio, Daniel Amora, Fabinho e Chiquinho Gaúcho (América-RN).

CARTÃO VERMELHO - Norberto (América-RN).

ÁRBITRO - Renato Cardoso da Conceição (MG).

RENDA - R$ 27.880,00.

PÚBLICO - 1.774 pagantes.

LOCAL - Estádio Romeirão, em Juazeiro do Norte (CE).

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSérie BIcasaAmérica-RN

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.