John Sibley/Reuters
John Sibley/Reuters

Ida de Sánchez ao Manchester United 'provavalmente acontecerá', diz Wenger

Treinador do Arsenal também indicou interesse na chegada do armênio Mkhitaryan ao seu clube

Estadão Conteúdo

18 Janeiro 2018 | 13h18

O Manchester United deve ser o próximo clube de Alexis Sánchez. Nesta quinta-feira, o técnico Arsène Wenger afirmou ser "provável que aconteça" a transferência do atacante chileno ao clube de Manchester, em negociação que incluiria a chegada de Henrikh Mkhitaryan ao Arsenal.

+ Sem chances no Arsenal, Walcott é contratado pelo Everton

+ Confira a classificação do Campeonato Inglês

Wenger, porém, evitou revelar se a ida de Sánchez para o Old Trafford estaria próxima de se concretizar. "Eu trabalho em transferências por 30 anos, é provável que aconteça. Mas a qualquer momento as coisas podem mudar", afirmou o treinador na entrevista coletiva prévia ao duelo de sábado com Crystal Palace, pelo Campeonato Inglês.

O treinador do Arsenal também indicou interesse na chegada do armênio Mkhitaryan ao seu clube. "Se existe essa possibilidade, é porque gosto do jogador", disse. "Jogamos muitas vezes contra ele quando estava no (Borussia) Dortmund. Ele gostou da qualidade de nossos jogos. O salário não seria um problema", acrescentou Wenger, dizendo que seria "uma troca de jogadores, e acho que um substituiria o outro".

Sánchez chegou a despertar o interesse do Manchester City, que desistiu recentemente de contratar o jogador chileno, o que deixou o caminho livre para a sua transferência ao rival United. O atacante possui contrato apenas até o fim da atual temporada com o Arsenal, o que o permitiria se transferir gratuitamente para qualquer outro clube.

Na última quarta-feira, o Arsenal negociou o atacante Theo Walcott com o Everton. E, além de Mkhitaryan, o clube londrino pode buscar outros reforços na atual janela de transferências.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.