John Sibley/Reuters
John Sibley/Reuters

Ida de Sánchez ao Manchester United 'provavalmente acontecerá', diz Wenger

Treinador do Arsenal também indicou interesse na chegada do armênio Mkhitaryan ao seu clube

Estadão Conteúdo

18 de janeiro de 2018 | 13h18

O Manchester United deve ser o próximo clube de Alexis Sánchez. Nesta quinta-feira, o técnico Arsène Wenger afirmou ser "provável que aconteça" a transferência do atacante chileno ao clube de Manchester, em negociação que incluiria a chegada de Henrikh Mkhitaryan ao Arsenal.

+ Sem chances no Arsenal, Walcott é contratado pelo Everton

+ Confira a classificação do Campeonato Inglês

Wenger, porém, evitou revelar se a ida de Sánchez para o Old Trafford estaria próxima de se concretizar. "Eu trabalho em transferências por 30 anos, é provável que aconteça. Mas a qualquer momento as coisas podem mudar", afirmou o treinador na entrevista coletiva prévia ao duelo de sábado com Crystal Palace, pelo Campeonato Inglês.

O treinador do Arsenal também indicou interesse na chegada do armênio Mkhitaryan ao seu clube. "Se existe essa possibilidade, é porque gosto do jogador", disse. "Jogamos muitas vezes contra ele quando estava no (Borussia) Dortmund. Ele gostou da qualidade de nossos jogos. O salário não seria um problema", acrescentou Wenger, dizendo que seria "uma troca de jogadores, e acho que um substituiria o outro".

Sánchez chegou a despertar o interesse do Manchester City, que desistiu recentemente de contratar o jogador chileno, o que deixou o caminho livre para a sua transferência ao rival United. O atacante possui contrato apenas até o fim da atual temporada com o Arsenal, o que o permitiria se transferir gratuitamente para qualquer outro clube.

Na última quarta-feira, o Arsenal negociou o atacante Theo Walcott com o Everton. E, além de Mkhitaryan, o clube londrino pode buscar outros reforços na atual janela de transferências.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.