Carlo Hermann/AFP
Carlo Hermann/AFP

Idolatria por Maradona esquenta duelo entre Napoli e Barcelona pela Liga Europa

Equipes que tiveram o craque argentino como destaque se enfrentam pela primeira vez no estádio que recebeu o nome do jogador que morreu no ano passado

Redação, O Estado de S.Paulo

24 de fevereiro de 2022 | 05h00

Napoli e Barcelona vão para o tudo ou nada no jogo de volta da segunda fase da Liga Europa tendo uma idolatria em comum por Diego Armando Maradona, craque argentino que inclusive dá nome ao palco da partida desta quinta, às 17h. O antigo estádio San Paolo, em Nápoles, foi rebatizado em homenagem a Maradona no fim de 2020, dias após a morte do histórico camisa 10, em novembro.

Na última semana, jogando no estádio Camp Nou, onde Maradona viveu sua primeira fase na Europa entre 1982 e 1984, Barcelona e Napoli ficaram no empate por 1 a 1. Os dois times jogam por uma vitória simples nesta quinta para avançar às oitavas de final, enquanto qualquer resultado de igualdade levará o jogo para a prorrogação, já que não há mais os critérios de gol qualificado nas competições da Uefa.

A icônica passagem de Maradona pelo sul da Itália começou em 1984 com uma recepção histórica, quando 70 mil torcedores foram ao estádio dar boas-vindas ao argentino. Diego fez história em Nápoles até 1991 e conquistou dois Campeonatos Italianos, uma Copa da Itália, uma Supercopa da Itália e uma Copa da Uefa, atual Liga Europa. Na Espanha, o craque levantou as taças de Copa do Rei, Campeonato Espanhol e a Supercopa da Espanha.

Este é apenas o segundo encontro entre Napoli e Barcelona em competições oficiais. O outro aconteceu em 2020, quando Maradona ainda estava vivo, pelas oitavas de final da Liga dos Campeões. Na ida em Nápoles, durante o mês de fevereiro, empate por 1 a 1. A volta, que terminou com vitória do Barcelona por 3 a 1, aconteceu apenas em agosto por conta da pandemia da covid-19.

O Napoli empatou contra o Cagliari no último fim de semana e perdeu a chance de assumir a liderança do Campeonato Italiano, no qual é o terceiro colocado atualmente. O Barcelona está em quarto no Espanhol e vem tentando se reestruturar sob o comando de um outro ídolo, Xavi, que agora possui reforços como Adama Traoré, Aubamayeng e Ferran Torres, trio que chegou recentemente e deve formar o ataque catalão nesta quinta.

A equipe italiana poupou o atacante Victor Osimhen no último jogo, mas deve vir com força máxima para esta partida. O técnico Luciano Spalletti prometeu ousadia por parte dos italianos quando a bola rolar. "Aqueles que lutam podem perder, mas os que nem sequer lutam já perderam. Temos de arriscar, comandar e mostrar aquilo que queremos fazer, caso contrário eles vão forçar-nos a defender muito atrás. O Barcelona é muito forte”, disse.

Além da regra de gols fora de casa, vale lembrar outra mudança na atual edição da Liga Europa. Os oito classificados nos confrontos da segunda fase avançam para as oitavas de final, fase em que entram os oito líderes dos grupos da primeira fase da competição, que são: Estrela Vermelha, Eintracht Frankfurt, Galatasaray, Bayern Leverkusen, Lyon, Monaco, Spartak Moscou e West Ham. O sorteio das oitavas acontecerá na próxima sexta-feira.

OUTRO JOGOS

Os outros sete jogos de volta da segunda fase acontecem nesta quinta. Após uma derrota surpreendente em casa por 4 a 2 para o Rangers, o Borussia Dortmund ainda não terá o retorno de Haaland, que também ficou fora da ida. No fim de semana, o Dortmund venceu por 6 a 0 sobre o Monchengladbach, o que prova que a equipe pode reagir.

Maior campeão da Liga Europa, o Sevilla começou bem a campanha no mata-mata e venceu o Dínamo Zagreb por 3 a 1. A final da Liga Europa acontecerá justamente no estádio do clube, o Ramón Sánchez-Pizjuán, palco do confronto de volta nesta quinta. Quem também construiu vantagem na partida de ida foi o Porto, que bateu a Lazio por 2 a 1 na Itália, mesmo placar pelo qual a Atalanta venceu o Olympiacos na Grécia.

Real Sociedad e RB Leipzig fazem outro confronto após um emocionante empate por 2 a 2 na Espanha. Os outros dois jogos serão entre Zenit e Betis, que terminou com vitória por 3 a 2 dos espanhóis em casa na ida, e Braga e Sheriff. O time da Moldávia tem uma vantagem de 2 a 0 e jogará em casa.

A quinta-feira terá rodada completa de volta da segunda fase da Liga Conferência também. O destaque é para o jogo entre Olympique de Marselha, do volante Gerson, e Qarabag. Leicester, Celtic, PSV e Fenerbahçe são outros times que estarão em campo pela competição no dia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.