Ídolo do Liverpool, Carragher diz que irá se aposentar

O zagueiro Jamie Carragher, ídolo do Liverpool, anunciou nesta quinta-feira que irá se aposentar ao final desta temporada do futebol europeu. O jogador de 35 anos de idade revelou que resolveu encerrar a sua vitoriosa carreira pela equipe inglesa no próximo verão do Velho Continente, depois de estreado pelo time principal do clube em 1997.

AE-AP, Agência Estado

07 de fevereiro de 2013 | 13h21

Carragher já disputou 723 partidas pelo Liverpool, sendo 496 pelo Campeonato Inglês, e acumulou uma série de títulos importantes pelo time, como o da Liga dos Campeões na temporada 2004/2005, além de ter ajudado o clube a levar as taças da Copa da Inglaterra, da Copa da Liga Inglesa e da Copa da Uefa, hoje chamada de Liga Europa, em uma só temporada, em 2001.

"Esta será a minha última temporada pelo Liverpool e minha última como um jogador profissional. Foi um privilégio e uma honra representá-lo por tanto tempo e estou imensamente orgulhoso de ter feito isso", afirmou o jogador, por meio de um comunicado divulgado pelo clube inglês.

Carragher, entretanto, não disse quais são os seus planos para depois da aposentadoria como jogador. "Todo nosso foco e concentração devem estar em alcançar o melhor final possível na liga (inglesa) nesta temporada e tentar vencer os últimos troféus restantes pelos quais estamos competindo", completou.

Apenas Ian Callaghan disputou mais jogos pelo Liverpool do que Carragher, que muitas vezes ocupou o posto de capitão quando Steven Gerrard esteve ausente da equipe. Há 16 anos no time principal e desde os 9 fazendo parte do clube, ele se mostrou versátil neste período. De originalmente um zagueiro central hábil e com forte característica de liderança, ele exibiu competência para atuar nas duas laterais e também jogou como meio-campista pelo Liverpool e pela própria seleção inglesa.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolLiverpoolJamie Carragher

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.