Alberto Pellaschiar/AP
Alberto Pellaschiar/AP

Ídolo do Milan, Paolo Maldini é confirmado como diretor esportivo do clube

A apresentação oficial será realizada nesta segunda-feira

Estadao Conteudo

05 Agosto 2018 | 16h05

O Milan anunciou neste domingo que Paolo Maldini, um dos principais ídolos da história do clube, assumirá o cargo de diretor de estratégia esportiva e de desenvolvimento. A apresentação oficial será realizada nesta segunda-feira.

+Ídolo do Milan, Maldini cai na estreia no tênis profissional em challenger

+Maldini recusa proposta para ser diretor técnico do Milan

"O nome Maldini toca o coração de todos os milanistas, simbolizando um reinado de dedicação e sucesso. Esta história começou com o inesquecível Cesare, o pai de Paolo, capitão da equipe que conquistou o primeiro troféu da Liga dos Campeões do Milan, em 1963. A força da dinastia de Maldini é testemunhada pela camisa 3 vermelha e preta, que foi aposentada e só poderá ser usada por outro Maldini", informou a nota.

Maldini estreou no profissional do Milan com 16 anos, em 1985. Ao longo de sua carreira, conquistou 26 troféus, incluindo sete títulos do Italiano, uma Copa da Itália, cinco Supercopas da Itália, cinco Ligas dos Campeões, cinco Supercopas da Europa e dois títulos mundiais. O defensor se aposentou na temporada 2008/2009, após 25 anos defendendo as cores do Milan. Foram 419 partidas como capitão.

O presidente executivo do Milan, Paolo Scaroni, rasgou elogios ao novo contratado. "Há poucas palavras para descrever o que Paolo Maldini representa para o Milan. Foi um privilégio vê-lo como jogador, conquistando inúmeros troféus em campo, e estou animado e honrado em poder trabalhar com ele. A liderança e a experiência de Paolo beneficiarão muito o clube, assim como sua paixão e energia", afirmou.

Maldini é o segundo ex-jogador que o Milan anuncia recentemente para ocupar um cargo na diretoria. Há duas semanas, o clube confirmou Leonardo como novo diretor de futebol. O brasileiro voltou ao time italiano depois de passagens como jogador, dirigente e técnico.

 

 

Mais conteúdo sobre:
futebol Milan Maldini

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.