Felipe Rau/Estadão
Felipe Rau/Estadão

Luis Fabiano, ídolo do São Paulo, é internado em hospital após testar positivo para covid-19

Atacante de 40 anos está em observação, com quadro estável e passa bem depois de ser diagnosticado com a doença semana passada

Redação, O Estado de S.Paulo

24 de março de 2021 | 15h26

O atacante Luis Fabiano, ídolo do São Paulo e da Ponte Preta, está internado em observação após testar positivo para a covid-19. Segundo sua assessoria de imprensa, o jogador teve sintomas relacionados à doença e foi orientado por um médico amigo da família para realizar um monitoramento mais apurado. O quadro dele é estável e Luis Fabiano passa bem.

Sem atuar profissionalmente desde 2017, Luis Fabiano sentiu um mal estar na última semana. Ele procurou assistência médica. Por precaução, seguirá no hospital pelos próximos dias para ter o quadro clínico monitorado mais atentamente. Ele não está intubado nem precisa de ajuda de respirador mecânico. O jogador tem 40 anos e é um dos maiores artilheiros da história do São Paulo. Sua última passagem pelo clube do Morumbi terminou em 2015.

Luis Fabiano também teve passagem no futebol europeu por times como Rennes, da França, Porto, de Portugal, e principalmente Sevilla, da Espanha. Pela seleção brasileira, disputou como titular a Copa do Mundo da África do Su, em 2010, quando marcou três gols.

Ao saber da internação de Luis Fabiano, o presidente do São Paulo, Julio Casares, escreveu nas redes sociais uma mensagem de apoio ao amigo e reforçou seu plano para realizar no Morumbi um jogo de despedida. Oficialmente, o atacante não anunciou o fim de sua carreira. "Amigo Luis Fabiano. você vai se recuperar em breve. Logo, quando esse trágico momento passar, faremos a sua despedida com o Morumbi lotado! Estamos juntos!".

Na tarde desta quarta, Luis Fabiano escreveu nas redes sociais para tranquilizar os fãs. "Pessoal, muito obrigado pela preocupação, pelas mensagens positivas e orações! Realmente estou no hospital nesse momento, mas estou bem e estão cuidando bem de mim. Se Deus quiser logo sairei", avisou.  

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.