Bruno Cantini/Atlético-MG
Bruno Cantini/Atlético-MG

Ídolo, goleiro Victor renova contrato com o Atlético-MG até 2020

Jogador de 35 anos amplia vínculo por mais um ano e meio

Estadão Conteúdo

11 Maio 2018 | 19h10

Um dos grandes ídolos da história recente do Atlético-MG, Victor acertou nesta sexta-feira a renovação de seu contrato com o clube. Titular absoluto do gol atleticano, o jogador de 35 anos assinou a prorrogação do vínculo por mais um ano e meio, com término previsto para dezembro de 2020.

+ Larghi esboça time do Atlético-MG, mas mantém mistério sobre Cazares

+ Sem espaço, Samuel Xavier acerta rescisão de contrato com o Atlético-MG

+ Sul-Americana é '2ª divisão' e Atlético-MG brigará por Brasileiro, diz presidente

Victor tinha contrato com o Atlético-MG até a metade da próxima temporada. Ao fim de seu novo contrato com o clube, ele estará à beira de completar 38 anos. Assim, o goleiro dá cada vez mais provas de que pretende mesmo encerrar a carreira com a camisa alvinegra.

"Estou muito feliz com a renovação do meu contrato até dezembro de 2020. Quero agradecer à diretoria pelo esforço, a todos os funcionários do Atlético-MG e à torcida, por todo carinho que sempre me dedicou, sempre me tratou tão bem. E pode ter certeza que dentro de campo farei de tudo, o possível e o impossível, para honrar as cores deste clube", declarou ao site do clube.

Victor foi contratado junto ao Grêmio no meio de 2012 e, desde então, é dono da posição no Atlético-MG. Pelo clube, são mais de 300 jogos e diversas conquistas: três do Campeonato Mineiro (2013, 2015 e 2017), uma da Recopa Sul-Americana (2014), uma da Copa do Brasil (2014) e uma da Libertadores (2013).

Justamente na conquista da Libertadores de 2013, aliás, que ele se tornou ídolo atleticano. Nas quartas de final diante do Tijuana, defendeu um pênalti nos últimos minutos do segundo jogo, que teria tirado a equipe da competição. Depois, ainda brilhou nas disputas de penalidades contra o Newell's Old Boys, nas semifinais, e o Olimpia, na decisão.

Mais conteúdo sobre:
Atlético Mineiro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.