Ídolo no rival, Anderson deixa o Manchester e já treina no Internacional

Meia estava encostado no clube inglês, a ponto de jogar pela chamada equipe sub-21 nas últimas semanas

Estadão Conteúdo

02 de fevereiro de 2015 | 15h53

Um dos heróis da Batalha dos Aflitos, em 2005, Anderson está de volta a Porto Alegre. Mas o meio-campista de 26 anos não vai voltar para casa, ao Grêmio. O jogador já vestiu a camisa do Internacional na manhã desta segunda-feira, para realizar testes físicos, e nas próximas horas deve oficialmente ser anunciado como reforço colorado.

O meia estava encostado no Manchester United, a ponto de jogar pela chamada equipe sub-21 (aspirantes) nas últimas semanas. Na temporada passada, ele chegou a ser emprestado para a Fiorentina, mas não conseguiu se destacar no Campeonato Italiano. Desde que voltou a Old Trafford, em julho, só jogou duas vezes.

O Manchester já havia indicado que aceitava liberar o jogador, esperando apenas aparecer alguém interessado em pagar o alto salário que Anderson recebia na Inglaterra. O Inter mostrou essa predisposição de deve ficar com o meia por quatro temporadas.

Sua contratação é, de certa forma, uma resposta à ida de Giuliano, ídolo colorado, para o Grêmio, no ano passado. Tinga, Gabriel, Edinho e Dida também são casos recentes de jogadores que passaram pelos dois arquirrivais gaúchos.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolInterAnderson

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.