Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Ilsinho projeta ano de 2007 mais difícil no São Paulo

O lateral-direito Ilsinho não terá vida fácil em 2007. Com a recuperação de Maurinho e do equatoriano Reasco, o titular da posição do São Paulo no Campeonato Brasileiro sabe que a dedicação nos treinos nesse início de temporada vai ser decisiva para que ele continue com a vaga no time. ?Apesar da concorrência dura vou brigar para continuar com a vaga?, disse, ciente de que os companheiros também têm boas condições de jogar na sua posição. ?Os dois são grandes jogadores. O Reasco disputou uma excelente Copa do Mundo e o Maurinho tem uma longa e vitoriosa trajetória no futebol?, aponta Ilsinho.Para o lateral, a disputa pela vaga de titular na lateral-direita é sadia, e quem ganha com ela é o clube. ?Teremos muitos campeonatos e é importante que todos estejam bem. O jogador tem a obrigação de ficar bem e a concorrência só ajuda para que todos se mantenham bem?.Repetir a boa performance que teve em 2006 é a receita de Ilsinho para alcançar não só a vaga de titular do São Paulo como também passar a figurar na lista de selecionáveis para as Olimpíadas de Pequim em 2008. Neste domingo, começa no Paraguai o Sul-Americano que dá vaga para o torneio.?A torcida pelo Brasil já existe mas como tenho idade para jogar as Olimpíadas torço mais ainda para o Brasil conseguir a vaga. Seria um sonho poder disputar a Olimpíada?, diz Ilsinho, que tem 21 anos. O futebol no torneio é disputado por jogadores com menos de 23 anos.Uma boa notícia para Ilsinho, pelo menos na briga pela titularidade no clube, é a intenção do técnico Muricy Ramalho em utilizar Reasco na vaga deixada por Mineiro. ?O Reasco pode jogar por ali, especialmente pela direita, mas tem de provar nos treinos?, disse o comandante são-paulino.Neste sábado, no Centro de Treinamento da Barra Funda, os jogadores do São Paulo fizeram apenas trabalhos físicos. ?Esses treinos são bons para que a gente retome logo o melhor da nossa condição física?, disse Ilsinho. O lateral sofreu uma lesão muscular no jogo contra o Cruzeiro pelo Campeonato Brasileiro no dia 26 de novembro e não jogou a última partida do campeonato. ?Fiquei até o dia 15 de dezembro sem fazer nada, me recuperando. É muito ruim voltar depois, sem preparação, de um tempo em que a movimentação era só do controle da televisão e de ir para cama. Dói tudo. Por isso que é bom fazer esses treinos físicos antes de começar pra valer?, contou o jogador.

Agencia Estado,

06 de janeiro de 2007 | 15h24

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.