Rui Vieira/ EFE
Rui Vieira/ EFE

Imparável, Manchester City derrota o Leicester e abre 17 pontos na ponta do Inglês

Fora de casa, equipe de Guardiola triunfa com gols de Mendy e Gabriel Jesus e fica ainda mais perto do título

Redação, O Estado de S.Paulo

03 de abril de 2021 | 16h21

Sensação da temporada, o Manchester City deu mais um passo rumo ao título do Campeonato Inglês. Os comandados de Pep Guardiola visitaram o Leicester neste sábado e, mesmo jogando fora de casa, foram superiores pelo jogo todo, derrotando os mandantes por 2 a 0.

Com o resultado, o City chega a expressivos 17 pontos na liderança do Inglês, com dois jogos a mais que a maioria dos adversários da tabela. O segundo lugar é o Manchester United, que soma 57 pontos. O Leicester, por outro lado, não se prejudicou tanto apesar do revés. O time de Brendan Rodgers estacionou na 3ª colocação com 56 pontos, mas se favoreceu pelo tropeço do Chelsea, também neste domingo, por 5 a 2 para o West Bromwich.

Segundo as projeções, o City precisa de apenas 11 pontos para conquistar o terceiro título nacional em quatro anos. Se depender da atual fase, nada mudará o atual cenário. Logo na primeira etapa, o brasileiro Fernandinho acertou um lindo chute rasteiro de longe, mas a arbitragem pegou interferência de Sergio Agüero e anulou o gol.

O segundo tempo foi um pouco mais emocionante. Um levantamento foi feito pelo City buscando Agüero dentro da área e dois defensores do Leicester acabaram se trombando. A bola sobrou para Mendy que, dominou de esquerda, limpou para o pé que não é o bom e chutou cruzado, fazendo a bola dormir no fundo das redes de Schmeichel.

O segundo gol contou com protagonismo brasileiro. Gabriel Jesus, com assistência de Sterling, ampliou o placar após bela jogada que também envolveu Kevin De Bruyne. O holandês acertou um belo lançamento por baixo, e restou aos dois atacantes decidir quem balançava as redes em meio ao bate-cabeça dos defensores do Leicester.

Em outra partida do Inglês, Leeds United derrotou o Sheffield United em casa por 2 a 1. Com o resultado, os mandantes assumiram a 10ª colocação com 42 pontos, enquanto que os visitantes continuam amargando a lanterna da tabela com apenas 14.

O primeiro gol saiu logo aos 12 minutos, dos pés de Jack Harrinson com assistências do brasileiro ex-Avaí Raphinha. O empate veio nos acréscimos da primeira etapa, com Ben Osborn. Na volta dos vestiários, Phil Jagielka acabou colocando contra a própria meta e definiu o resultado final.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.