Impasse adia retorno de Ramon ao Vasco

O meia Ramon e o presidente do Vasco, Eurico Miranda, vão se encontrar na segunda-feira para acertar a volta do atleta a São Januário. Nesta sexta-feira, o vice-presidente de futebol do clube, José Luís Moreira, se reuniu com o jogador, mas o prazo do contrato e o valor dos salários a serem pagos inviabilizaram o acordo imediato."Como o presidente (Eurico Miranda) está fora do Rio e existem essas duas questões pendentes, optamos por marcar a reunião final na segunda-feira", explicou José Luís Moreira. "Mas, tenho a certeza de que as chances de Ramon vir para o Vasco são grandes e espero concluir as negociações o mais rápido possível."O vice-presidente de futebol do Vasco afirmou ter apresentado garantias bancárias a Ramon de que seus salários serão pagos em dia. Caso acerte sua volta a São Januário, ele será o único atleta a receber acima do teto salarial de R$ 30 mil fixado pela diretoria do clube. A estimativa é a de que o jogador ganhe cerca de R$ 80 mil por mês.

Agencia Estado,

02 de janeiro de 2004 | 18h36

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.