Enrique Castro Mendivil/Reuters
Enrique Castro Mendivil/Reuters

Impossível, Neymar marca 4 na estreia do Brasil no Sul-Americano sub-20

Seleção brasileira ganha do Paraguai por 4 a 2; Ney Franco acaba expulso

Efe,

18 de janeiro de 2011 | 03h08

LIMA - Em noite absolutamente espetacular, Neymar marcou os quatro gols do Brasil na vitória por 4 a 2 sobre o Paraguai, na estreia das duas equipes no Sul-Americano sub-20 do Peru, que distribuirá duas vagas para a Olimpíada de Londres, em 2012.

Neymar confirmou que não são exagerados os elogios que o qualificam como a maior estrela da competição e desfilou vasto repertório de gols, dribles e grandes jogadas.

A partida disputada no estádio Jorge Basadre, na cidade de Tacna, teve um início amarrado, com poucas chances de gol. Logo aos 6 minutos, porém, Neymar apareceu no jogo dando cruzamento preciso para o zagueiro Bruno Uvini cabecear no travessão.

Cinco minutos depois, Benítez bateu falta e testou os reflexos do goleiro Gabriel.

Até a metade do primeiro tempo, as ações foram equilibradas, e as duas equipes não tiveram grandes oportunidades para marcar. Aos 24 minutos, Casimiro fez linda jogada pela esquerda, invadiu a área paraguaia e foi derrubado pelo goleiro Ovando.

Pênalti que Neymar bateu no canto esquerdo para fazer seu primeiro gol na partida. A comemoração teve direito a dancinha dos brasileiros, assim como Neymar e sua turma faziam no Santos em 2010.

Aos 33, o atacante foi lançado pela esquerda, entrou na área e deixou o zagueiro no chão antes de chutar firme no cantinho de Ovando, que não alcançou a bola: 2 a 0.

Mesmo com total controle da partida, o volante Zé Eduardo fez duas faltas duras no começo do segundo tempo e foi expulso, prejudicando a equipe brasileira.

Para complicar ainda mais, dois minutos depois, aos 6 do segundo tempo, o zagueiro Vieira descontou para o Paraguai após cobrança de escanteio.

Com o jogo mais difícil, Neymar resolveu aparecer novamente aos 15 minutos. Depois de jogada entre Lucas e Henrique, a bola sobrou para o santista, que dividiu com o goleiro e empurrou de cabeça para as redes.

O melhor de Neymar, no entanto, viria três minutos depois. O atacante recebeu em velocidade pela esquerda, entrou na área e encobriu Ovando, que saía para abafar: 4 a 1.

Irritados com a grande exibição de Neymar, os jogadores do Paraguai passaram a tentar intimidar o atacante do Santos, que respondia com mais dribles. Por reclamar da violência, o treinador Ney Franco acabou expulso e da boca do túnel viu o Paraguai descontar com Montenegro, aos 39.

Três minutos depois, o atacante Henrique fez falta dura e também foi expulso, deixando o Brasil com apenas nove em campo. Apesar da inferioridade numérica, não havia mais tempo para uma tentativa de reação do Paraguai.

Brasil  BRASIL 4 - Gabriel; Danilo (Galhardo), Bruno Uvini, Juan, Alex Sandro; Zé Eduardo, Casemiro, Lucas (Romário) e Oscar (Fernando); Neymar e Henrique. Técnico: Ney Franco.

Paraguai  PARAGUAI 2 - Mario Ovando, Raúl Cáceres, Gustavo Gómez, Diego Vieira; Nelson Ruíz (Óscar Ruíz), Diego Benítez, Hernán Pérez, Marcos Giménez, Ivan Torres (Brian Montenegro); Jorge Ortega (Miguel Medina) e Claudio Correa. Técnico: Adrián Coria.

Gols: Neymar (4) (Brasil); Vieira e Montenegro (Paraguai); Local: Estádio Jorge Basadre, Tacna (Peru); Árbitro: Diego Abal (Argentina); Cartões Amarelos: Gómez, Ovando e Torres (Paraguai); Danilo, Henrique, Zé Eduardo e Neymar (Brasil); Cartões Vermelhos: Zé Eduardo, Henrique e Ney Franco (Brasil)

Veja também:

linkSeleção sub-20 comemora estreia vitoriosa

blog ANTERO GRECO - Neymar é mesmo um monstro

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.